Saltos altos revelam muito sobre as mulheres

Olá, meninas

Impossível não notar a presença de uma mulher com saltos altos. Todas sabemos que este  tipo de sapato é um grande símbolo de feminilidade e poder, mas, uma pesquisa realizada com 1835 brasileiras de idades variadas, revelou muito mais sobre comportamento e dores. Para isso, elas responderam a um questionário com 90 perguntas.

“O Salto Alto e a Mulher Brasileira” tem autoria de Thomas Case, fundador da fábrica de palmilhas ortopédicas Pés Sem Dor.

saltos variados
Foto do Google

 

A mulher brasileira tem em média 7,4 pares de sapatos de salto alto, sendo que 36% das entrevistadas têm mais de 10 pares, 87,5% das mulheres os usam para festas e eventos e 44,9% usam sapatos de salto alto de 1 a 5 vezes ao mês.

A frequência de uso varia entre o fim de semana e a semana. Durante a semana, os períodos de uso são mais longos.

Mais da metade indicaram que usam sapatos de salto alto menos tempo do que gostariam e 80,1% indicaram que a dor é o principal motivo para não usar sapatos de salto alto por mais tempo.

A altura do salto que as respondentes mais usam varia de acordo com a faixa etária. Conforme a idade avança, diminui o tamanho do salto. Mulheres de até 20 anos (43,2%), preferem usar salto acima de 8,5 cm.

salto 1
Foto do Google

Para eventos sociais, o salto agulha foi o modelo preferido por 24,8% das mulheres. O meia pata ficou em segundo lugar com 23,3% e o de salto quadrado com 13,4%. Para o dia a dia, o modelo anabela é o preferido, com 32,8%, seguido pelo de salto quadrado com 16,9%.

O modelo de salto reto versus o curvado têm a preferência de 25% das mulheres. Surpreendentemente, as mulheres da terceira idade preferem o formato reto, que exerce mais pressão no antepé do que o formato curvo.

As mulheres gostam de comprar sapatos de salto alto. Um total de 73,2% compraram ao menos um par nos últimos 90 dias e 28,2% compraram 3 pares ou mais.  Quando o assunto é gastos, 70,7% das mulheres costumam pagar cerca de R$ 199,00 ou menos por par de sapatos de salto alto. O preço pago aumenta conforme a renda e a idade das entrevistadas. O estudo revelou que não  há interesse em pagar muito mais pelo modelo de salto alto dos sonhos.

E tem mais :

  • 69,6% das mulheres indicaram que usam meias finas com os seus sapatos de salto alto;
  • 95,7% das mulheres sentem dores nos pés, quando usam sapatos de salto alto. A intensidade da dor mediana é 5 (moderada) em uma escala de 1 a 10. Já 25,3% das respondentes disseram que sentem dor intensa (7 a 10).
  • Foram citadas as seguintes práticas para minimizar as dores: colocar os pés para cima (32,7%), fazer alongamento nos pés (16,3%), alargar o sapato (13,4%). Apesar de todas as respondentes indicarem que estariam dispostas a pagar em média apenas R$ 98,00 para eliminar as sua dores .
  • 59,4% das mulheres indicaram ter formigamento nos pés.
  • 46,7% das mulheres também disseram sofrer com dores nos tornozelos por uso de salto alto. O valor mediano de dor é de 4 em uma escala de 1 a 10 (moderada).
  • 44,8% das mulheres também disseram sofrer com dor na coluna por uso de salto alto, que piora conforme aumenta a idade. O valor mediano de dor é de 4 em uma escala de 1 a 10 (moderada)
  • 41,5% das mulheres indicaram ter calos. Destas, 60,8% têm calos em cima dos dedos, local onde os sapatos de salto alto (modelo bico fino) apertam os pés.
  • 61,9% das mulheres indicaram sofrer com bolhas nos pés quando usam sapatos de salto alto.
  • 65,8% afirmaram que os seus pés incham com o uso.
  • 35,7% indicaram que já sofreram quedas usando sapatos de salto alto, 55,4% já torceram os seus tornozelos e 21,7% não descem escadas quando estão usando sapatos de salto alto.
enhanced-25960-1462998843-7
Foto: Buzfeed

Apesar de tantos desconfortos, foi pedido as mulheres que indicassem os 10 fatores em ordem de prioridade que as motivam usar saltos, e eis o resultado:

Pesquisa saltos

Isto e salto
Foto: Revista Isto É

Uma estatística curiosa é a de que na hora da escolha do salto, a “sensação de poder” é extremamente importante para 40,6% das mulheres, variando de acordo com o peso, idade e a escolaridade.

O levantamento mostrou  que 59% das jovens com menos de 20 anos consideram o ‘poder’ como algo muito importante. Isso cai progressivamente para 13,2% entre as mulheres com 60 a 69 anos.

O Índice de Massa Corporal também interfere: apesar de mulheres mais magras darem mais valor a este “fator poder”, 1/4 das brasileiras com obesidade também consideram extremamente importante que o salto crie essa impressão.

Durante a pesquisa foram feitos dezenas de cruzamentos e estatísticas. Em resumo, quando o assunto é salto alto, as jovens magras e com pouca escolaridade dão mais valor à esta sensação de poder do que mulheres com maior IMC ou maior grau de escolaridade.

Eu achei esta pesquisa bem completa e curiosa. E vocês? Amam ou odeiam um salto alto? Contem para mim e quem sabe retomamos o assunto.

Grande beijo e até o próximo post.

Leal/ Coiffer é um centro de excelência em cabelos

Olá encantadas

Quem acompanha o blog  nas redes sociais  viu que na semana passada anunciei a parceria do meu blog com a Leal/ Coiffer, que é a distribuidora oficial  da Dalie Coiffer Cosméticos Profissionais em todo o Vale do Paraíba e Litoral Norte.

Então aguardem que em 2017 teremos muitas novidades que vão interessar tanto aos profissionais de beleza quanto aos consumidores finais. A empresa quer estreitar ainda mais os laços com seus públicos-alvo e eu vou fazer parte de um projeto totalmente inovador como influenciadora digital. Infelizmente não posso antecipar muitos detalhes porque o Planejamento Estratégico ainda está sendo desenhado. Para brindar esta parceria que promete ser um sucesso, seguidores do meu blog e das minhas redes sociais vão ganhar um desconto de 20% nas compras da linha Cliente.

Esta história de sucesso começou em 2008, e hoje a empresa, já no auge da sua maturidade tem mais de 30 parceiros( revendedores) espalhados por toda a região e capacitados para atender aos salões de cabeleireiros. Isto porque a Leal também tem em seu portfólio uma linha Profissional, com uma infinidade de produtos para atender as necessidades desses profissionais.

A convite de uma das proprietárias, Amanda Leal, fui conhecer as instalações da sede da empresa, em São José dos Campos, um espaço lindo e muito acolhedor. Eu tive o prazer de presenciar o carinho que toda a sua equipe tem com as parceiras e o atendimento de excelência que é dado a elas. Além de ter uma equipe estruturada para vendas, a Leal/Coiffer mantém um centro de treinamento em sua estrutura, onde são oferecidos cursos sobre as técnicas mais modernas de cuidados e tratamentos para os cabelos.

Quem nunca chegou a uma loja de cosméticos onde a vendedora se viu perdida no meio de tantas marcas e não conseguiu responder aos seus questionamentos? Eu mesma quero saber tudo e mais um pouco quando decido que quero um produto para diminuir volume, acabar com o frizz, hidratar ou desamarelar as madeixas tão agredidas por processos químicos. Pois isso não acontece na distribuidora, já que a Amanda, além de ser técnica da Coiffer é também cabeleireira, portanto lá você conversa diretamente com a especialista.

Outro diferencial bem bacana é que você não precisa adquirir um kit específico de uma linha. Ela vende os produtos avulsos e  personaliza um especialmente para atender às suas necessidades.

Vejam este que  foi montado para mim. Como faço luzes a cada 3 meses, necessito de cuidados mais que especiais.  Já comecei a testar  os produtos e depois vou contar a minha experiência para vocês.

E aguardem, porque agora em dezembro vai rolar  uma campanha mara de Natal, com mimos e promoções para vocês, que querem ficar ainda mais lindas nas festas de final de ano. Prometo que ninguém vai ficar fora dessa.

Estou deixando abaixo o endereço, telefone e redes sociais da Leal Cosméticos para que vocês possam conhecer os produtos e fazer uma visita ao espaço.

Fica na Avenida Salinas, na esquina com a Rua São Gotardo, número 10- Bosque dos Eucaliptos- São José dos Campos

fone: 12 3019-6650

facebook: Leal/Coiffer

instagram: @leal.coiffer

Bjs

 

 

Feminices será agora um evento permanente

Olá mulheres do  Vale do Paraíba.

No próximo sábado, dia 19 de novembro, temos um encontro marcado com vocês na terceira edição do  “Feminices”, que desta vez vai ocorrer no salão de beleza Alquimia, em São José dos Campos.

Desta vez teremos música ambiente, um bazar de roupas da Candy Skull Boutique, degustação do café cremoso Caramello e dos bolos exóticos da Sakura Desserts; apresentação dos produtos da Yes Cosmetics, que é uma marca cruelty free ( que não faz testes em animais), manicure a preço promocional no salão ( agendar antes) e sorteios de brindes oferecidos pelas empresas participantes ou apoiadoras.

13557732_971322992989334_73114047767248305_n
A mascotinha do Feminices.

.

A boa notícia é que o evento a partir de agora passa a ser permanente, e itinerante. Portanto, se você é empreendedor, tem um espaço bacana e gostaria de receber o Feminices é só entrar em contato conosco.

O projeto foi idealizado por mim e a dj e empresária, Magdalena Priscila. O objetivo é reunir pessoas criativas, que trabalham com moda alternativa, acessórios,  beleza, artesanato, artes, gastronomia, produtos ecologicamente corretos, entre outros setores. Dentro da proposta somos todos parceiros que aproveitam um determinado espaço para apresentar seus produtos, serviços e comercializá-los.

20161115_101104

Confira um pouco o que rolou na última edição do evento em outubro, na Joaquina Nail Bar, em Jacareí.

img_4997

 

img_4998

Então, não esqueça: Você é nosso convidado especial para o evento para o evento, que acontece neste sábado, 19 de novembro, das 9 horas da manhã às 18 horas no Alquimia Cabeleireiro. O endereço é Avenida Iguape, 670, no Jardim Satélite. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone/whatsapp 99773-8243.

 

Minha estreia na Beauty Fair

Olá, encantadas !

Depois de tanta expectativa, pela primeira vez fui conferir  os lançamentos da Beauty Fair em  São Paulo. Aqui compartilho com vocês minhas impressões como blogueira  a respeito da maior feira de beleza da América Latina.

Teve glamour sim, mas babados e confusões também rs. Tivemos problemas no estande de uma empresa que tem ótima reputação entre as blogueiras, mas não vou citar o nome porque enviei um e-mail  relatando o caso e estou aguardando uma resposta. Mas é claro que rolou uma decepção grande, principalmente porque fizemos credenciamento antecipado e fomos convidados para uma programação mega extensa, com presença de várias celebridades, palestras e presentes. Também não vou entrar em detalhes, mas  no domingo  o problema residiu na desorganização. Porém, outras blogueiras chegaram a receber até cosméticos com datas de validade vencidas, inclusive com implicações. Além da falta de consideração, isso é um problema de saúde pública.

No tour de domingo estive acompanhada de  dois amigos do Blogs do VP, o Fran e Renata. Nas filas encontramos a Débora, também parceira do nosso grupo. Nos corredores, é gente se  esbarrando o tempo todo, pisando nos pés e batendo sacolas.

Gente, é tão corrido, que nem dá tempo de almoçar. Passamos o dia beliscando bolachinhas e batendo perna, mesmo assim não visitamos nem 15 estandes. E olha que são  centenas. No ano que vem pretendo evitar filas e conhecer marcas diferentes.  Fizemos vários snaps ( conforme vocês acompanharam em nossas redes sociais), demos risada, nos estressamos, mas tudo isso faz parte da aventura e um dia vai virar recordação.

Logo na entrada, o que eu encontro? Um mar de cupcakes em forma de sabonetes. Quase morri, principalmente porque a venda só era autorizada para lojistas. Eles são produzidos por uma empresa da Inglaterra.

Bom,  como   profissional de Comunicação e Marketing, não pude deixar de analisar a feira do ponto de vista das estratégias, já que o grande objetivo é vender e dar visibilidade às empresas. Vult e Dailus deram um show e montaram verdadeiras instalações para apresentar suas coleções de make, esmaltes e acessórios.

A primeira se baseou no universo musical e a segunda trouxe para o Expo Center Norte uma floresta para mostrar a linha “Coisas de Quem Ama”, com o luxo e delicadeza dos cristais Swarovski.

Os ítens da Dailus devem chegar nas lojas até o final deste mês, mas os valores ainda não foram definidos. Pelo que andei sondando nas redes sociais, as consumidoras temem que esse investimento todo recaia no bolso delas. As duas marcas são queridinhas porque oferecem bons produtos a preços populares. O que deu para concluir no workshop oferecido pela Vult as blogueiras  é que a grande pegada deles na coleção 2016/17 de make é a pele, e que vários esforços foram concentrados neste sentido.

Para este post não ficar grande demais, depois vou detalhar os lançamentos que mais me agradaram  e também apresentar resenhas sobre os produtos que recebemos nos press kits.


img_1868img_1867

img_1871img_1878img_1874img_1879

As cacheadas foram as grandes estrelas desta edição da Beauty Fair. Fiquei surpresa com a quantidade de marcas que estão investindo em linhas específicas.  E isso é muito bom, porque este público representa uma grande parcela da nossa população, que de uns tempos para cá resolveu assumir os cabelos com suas características originais.  A Salon Line lançou até uma linha infantil, o que acaba promovendo  uma conscientização das novas gerações, das mulheres se aceitarem como são. Li recentemente que até modelos internacionais, sejam afros ou não, estão fazendo questão de desfilar com seus cabelos ao natural, lançando mão apenas de produtos como leave-in. Acho essa mudança de comportamento muito positiva.

img_1884

Ainda falando sobre cabelos, a Lizz Professional está lançando secadores com uma tecnologia que  os deixam super leves. E as estampas, vão de delicadas a super coloridas. Eu elegi este fofo como preferido.

Também fiquei interessada em testar este produto para enrolar os cabelos, mas não deu tempo.

Os espaços blogueiras levaram digital influencers para relatar suas  experiências com produtos e também de que forma foram reveladas na mídia, como a Yenzah. O que não achei bacana é que em alguns dos estandes às vezes não havia ninguém para prestar informações a respeito de blogs e muito menos dar  uma assistência, tipo preenchimento de cadastro para o mailing. Passamos em alguns onde os funcionários pegavam nossos  cartões de visitas, mas mal olhavam para a gente. Creio que é preciso haver um preparo maior para que tenham interesse em conhecer nossos trabalhos, já que várias marcas conseguiram projeção no mercado graças às blogueiras.

Mas é claro que existem exceções, por isso quero agradecer às empresas Dailus, Salon Line,  Santa Clara e Vult, que nos concederam um ótimo atendimento, prestaram informações sobre os produtos, que entendem a importância de um press kit com produtos full size para a realização de resenhas e posts, e que  acima de tudo nos reconhecem como profissionais.

Acabei me estendendo mais do que devia por empolgação, mas vocês entendem, né? Fiquem ligadinhas nas minhas redes sociais que em breve vou sortear produtos para cabelos que ganhei e não são compatíveis com minhas madeixas.

Obrigada pela leitura e até o próximo post!

bjs

 

Inspirações Candy Colors

 

 

OsTons.CarolLabaki

Candy Colors, ou tons pastéis, vieram para ficar. Seja na moda, decoração e até nas makes. Particularmente são cores que me inspiram. Não somente por causa dos cupcakes, macarrons e outras guloseimas que amo, mas porque são tons que transmitem uma paz de espírito muito grande. Faz mais ou menos um ano que tenho garimpado peças candy para comprar. Os tons que mais amo são o menta, azul bebê, lilás, creme e o próprio nude, que entra em algumas paletas. Na foto abaixo elas aparecem tanto no look como na minha sala de visitas.

 

Minhas últimas aquisições foram estas blusas de malha com  gola padre de uma marca chamada Allan Park, que comprei em uma promoção de uma loja no bairro do Itaguá, em Ubatuba.

 

Agora, vejam  abaixo que inspiração bapho de make que recebi de uma assessoria de imprensa.

288258_620255_alexbatista_ckamura_pastel_05724_copy_2_menor__novo_bronze_web_
Créditos- Fotos: Alex Batista; Edição: Vânia Goy; Cabelo: Celso Kamura, Maquiagem: Max Weber; Styling: Fernanda Ary

Novo Bronze

Experimente deixar o pó bronzeador na gaveta por alguns dias e finalizar a pele com um blush bem rosado. Fãs de batons cor-de-rosa têm uma nova tonalidade para testar: o lavanda.
Segredo: aplique o blush só na frente do rosto, na região redondinha que aparece quando você sorri.

Já quero e preciso muito de um batom lavanda. Aceito indicações de marcas, meninas.

Bom, espero ter adocicado vocês também e me falem sobre as cores e peças que mais atraem vocês neste mundo candy. Beijos!

 

 

 

 

 

 

 

Minha experiência com a tatuagem de Henna

Olá, gente do bem!

Tenho plena convicção de que o nosso corpo fala, seja por meio de uma tatuagem, uma make, unhas feitas ou um look. Sou do tipo que quando estou feliz uso minhas cores favoritas e me embelezo. De baixo astral fico sem vontade de fazer nada e pego a primeira roupa que me aparece no armário.

Tenho 3 tatuagens definitivas e pretendo fazer mais umas 2 pelos menos. Enquanto isso não acontece, vou conhecendo outras opções. Em junho, as  integrantes do  Blogs do VP foram convidadas para uma experiência com a tattoo de Henna na perfumaria Rivolí, em São José dos Campos, e eu e a linda amiga e parceira do grupo Jana Moraes resolvemos abraçar a ideia.  Ficamos ainda mais ansiosas depois que ficamos sabendo que o trabalho seria realizado pela expert Adriana Morais, que dias antes desse  evento havia participado do programa Encontro, da Fátima Bernardes. Então nos jogamos, sem medo de ser feliz.

img_1728

Jornalista inquieta que sou fui buscar mais informações. Existem muitas curiosidades a respeito dessa arte e vou destacar duas. Por mais de 5 mil anos a henna tem sido um símbolo de boa sorte para proteção contra as más energias e como símbolo de sensualidade no mundo árabe. Nas datas especiais, como festas e casamentos, as mulheres costumam se adornar com esta tinta natural e esconder a inicial do marido entre os desenhos para que ele encontre na lua de mel. Romântico, né?

img_1727
Eu optei por um desenho mais delicado, que começava nos dedos e ia até o pulso. Desastrada que sou, borrei uma vez e a simpática Adriana fez com a maior boa vontade um retoque na minha tattoo antes mesmo de secar. Se eu amei o resultado? Claro! No momento que você faz ela fica preta, conforme vocês podem conferir abaixo.

 

img_1723

img_1724

Para que não desbote facilmente, você não deve molhar pelo menos umas 12 horas após o trabalho. Eu cobri a minha com papel filme na hora de tomar banho, mas a Adriana pode indicar outras maneiras de proteger a tattoo. A minha durou uma semana e depois que as casquinhas de tinta saíram ela ficou com uma tonalidade terrosa. Como ansiedade “mata” a gente, tirei  o excesso de tinta que ainda restava  2 dias depois com a ajuda do azeite de oliva, conforme orientação da tatuadora.

img_1738

Não me lembro o valor que ela cobra em média, mas não é caro. Como a técnica tem tudo a ver com feminilidade, que tal agendar para um grupo de amigas no dia do chá de cozinha?  Fica a dica!

Vocês podem entrar em contato com a Adriana por meio do perfil do Instagram @adrianamoraismua , onde há também inspirações maravilhosas de desenhos feitos pela profissional.

Meu  agradecimento também a Katia Santos, do Marketing da Rivolí, sempre atenciosa com as blogueiras e que me autorizou a usar algumas fotos feitas por ela.

img_1741
Um beijo e esperam que tenham gostado!

Tratamento pós descoloração com produtos Coiffer

Olá encantadas

Hoje  vou contar para vocês como foi minha primeira experiência com produtos para cabelos da COIFFER, empresa parceira do blog. Gostaria muito de agradecer a marca de cosméticos profissionais por ter acreditado no meu trabalho. Recebi 3 kits sensacionais e mais um lançamento para testar  que me deixou encantada só de olhar para ele- um creme de reconstrução capilar e retexturização chamado CUPCAKE. Ele também controla e redefine os cachos. Para meu delírio o creme tem cheirinho de baunilha, mas não é para comer, tá minha gente? rs


Produtos para cabelo com química preciso testar pelo menos um mês consecutivo para tirar minhas conclusões a partir dos resultados do tratamento. Então vamos lá: quem me conhece sabe que estou mais loira do que nunca. Em maio abusei das luzes.  Então, para começar, decidi usar o shampoo, condicionador e máscara Texano, da linha cliente “Volta ao Mundo”, indicada para processo pós descoloração capilar. Os produtos prometem reestruturar e fortalecer os cabelos da raiz às pontas. Nos dias de semana usava o shampoo e condicionador e nos finais de semana o shampoo com a máscara, de forma que ela ficasse em média 10 minutos para absorver o produto e intensificar a hidratação. O creme de reconstrução usei antes do secador, mas você pode também usá-lo com o cabelo ao natural, desde que esteja úmido.

Os resultados foram além do que eu esperava: Meu cabelo está mais macio,  com brilho, o frizz e  volume diminuíram;  e agora a melhor notícia: nunca desembaraçou tão fácil. E isso sempre foi um problema para mim, que passava horas em frente ao espelho para desfazer tantos nós. Agora uma dica: o creme CUPCAKE é muito concentrado, então coloque um pouquinho na palma da mão e espalhe por toda a extensão do cabelo. A primeira vez exagerei e ele ficou muito oleoso.

Em breve vou testar os outros produtos e fazer resenhas. A linha cliente pode ser adquirida por meio de representantes de vendas da marca em todo o Brasil.  E vocês meninas, já usaram algum produto da COIFFER? Comentem aqui o que acharam. Caso vocês tenham interesse em conhecer a marca acessem o site Coiffer ou acompanhem as novidades no perfil da marca no Instagram: @coiffercosmeticos.