Uma boa parcela das mulheres sofre com a queda de cabelo

Olá, meninas.

Vocês também são dessas que deixam seu rastro por meio dos fios de cabelo?  É um problema que incomoda a nós mesmas e quem convive conosco, pois eles caem no chão e ninguém merece isso depois de fazer uma mega faxina na casa. Se sua escova fica cheia de cabelo quando o penteia, principalmente após a lavagem, bem vinda ao time, do qual eu faço parte. Os fios simplesmente caem em todos os lugares sem que a gente precise fazer o mínimo esforço. Simples assim. O problema é mais comum do que se imagina, e atinge mais de 40% das mulheres entre as faixas de 20 a 40 e poucos anos.

QUEDA CABELO FOTO

 

O acúmulo de funções, o estresse, a má alimentação e alterações metabólicas estão entre as principais causas. A fragilidade dos fios e a falta de brilho podem sinalizar o que está por vir.

O assunto é  tão sério que existe a  Tricologia, ciência que estuda os cabelos. Reúne atualmente vários especialistas, como biomédicos,  esteticistas, farmacêuticos, nutricionistas, médicos, entre outros, que se unem para oferecer tratamentos eficazes e resultados cada vez melhores.

Segundo o especialista na área e parceiro da RedeCare, o Dr. Danilo Talarico,  a queda de cabelo é uma das queixas mais frequentes em consultas dermatológicas. O médico explica que é muito expressiva a influência negativa da queda de cabelo na autoestima das pacientes. Fatores hereditários nem sempre estão por trás do problema que atinge as mulheres modernas. Assim, conhecer as causas é a melhor maneira de tratar a queda de cabelo.

O folículo capilar apresenta um ciclo biológico, no qual, a queda de aproximadamente 100 fios por dia representa o padrão de normalidade, variando entre as raças e gêneros. Este número mágico vem de um cálculo estimado, baseado na quantidade de fios que temos no couro cabeludo (em média 100 mil fios) e nas fases do ciclo em que esses fios se encontram. Essa é a queda fisiológica e não deve causar preocupações, por ser considerada normal.

Se você está percebendo uma queda superior de fios ou um aumento contínuo dessa queda, ela pode não ter fundo fisiológico e, nesse caso, é importante diferenciar as possíveis patologias causadoras do problema.  A falta de alguma vitamina específica também pode estar associada a este incômodo.

QUEDA CABELO 2.jpg
Foto ilustrativa. Fonte: Google

Porém, para o diagnóstico adequado, é extremamente  importante o acompanhamento médico com dermatologista, que irá detectar a causa e propor a melhor terapêutica para cada caso.

Os tratamentos disponíveis, atualmente, podem ser clínicos, com administração de medicações via oral ou tópica, embora seja muito frequente a necessidade da complementação com outras técnicas minimamente invasivas. Uma dessas técnicas é a intradermoterapia, que consiste em aplicações de substâncias diretamente no couro cabeludo, associadas as tecnologias com LASER e LED,  específicas para o couro cabeludo, sendo que essas técnicas podem ser usadas com efeito sinérgico.
Bom meninas, esperam que vocês tenham gostado do post sobre um tema que tem a ver com a saúde dos cabelos. Afinal de contas, eles são nossos cartões postais e investimos muito tempo e dinheiro na beleza das nossas madeixas, né?

Um grande beijo e até o próximo post.

Anúncios

Sobre artes e amizade

Olá, pessoas do bem

Não sei se também acontece com vocês, mas muitas vezes o tempo ( ou a falta dele) e as circunstâncias acabam afastando de nós amigos especiais que conviveram conosco no passado. De alguns só nos restam as fotografias e memórias das situações que vivenciamos juntos. Como seria bom se tivéssemos o poder  de nos reunir novamente num grande encontro com todas as pessoas que um dia foram significativas nas nossas vidas. No meu caso isso seria um pouco mais difícil, porque vivi em Guaratinguetá (SP), minha terra natal, até os 21 anos de idade, e depois morei em  várias cidades para exercer o Jornalismo, lugares onde tive o prazer de conhecer pessoas do Brasil inteiro. Durante minha trajetória pessoal e profissional fiz muitos amigos, mas infelizmente me distanciei da maioria. Ainda bem que temos hoje as redes sociais para manter contato com eles, mesmo que seja virtual. É bom saber que todos estão com saúde, formaram suas famílias e vibrar com as realizações de cada um. E por falar em novas realizações, muitas vezes elas nos levam a reencontrar pessoas. Quem me conhece sabe que adoro e valorizo muito as  diversas formas de artes e artesanato por um simples motivo: o afeto. Quando a criatividade e  as mãos entram em cena existe muito amor envolvido nessa relação. São cores, texturas e materiais que se harmonizam para fazer o outro feliz.

Certo dia  procurando na internet  um produto para transportar as bijoux da minha lojinha vi o trabalho primoroso desenvolvido pela Rúbia Vanessa, amiga das antigas, e fiz uma encomenda. Logo em seguida passou um filme na minha cabeça, e rapidamente me lembrei das aventuras da turma que pegava o ônibus fretado diariamente para estudar na Unitau ( Universidade de Taubaté). Isso há muito tempo atrás rs.  Conheci Rubinha e seu marido, o Xandú, que também é jornalista,  na época da facul. Depois em um outro momento conturbado da minha vida a reencontrei em um movimento da igreja católica. Agora morando em São José dos Campos, pelo menos uma vez por mês me desloco até Guaratinguetá para visitar minha família. Num desses finais de semana que passam num piscar de olhos aproveitei para buscar minha maleta, conhecer o atelier da Rubinha e fiquei apaixonada. Desde o primeiro momento ela foi super atenciosa comigo. Escolhemos os tecidos juntas e tudo foi feito de acordo com a minha personalidade. É claro que não imaginava que seria surpreendida pelos detalhes. Senão não teria graça, né?

IMG-20170826-WA0011
Não ficou uma graça minha maleta?
IMG-20170826-WA0010
Adorei as divisórias que vão deixar as bijoux organizadas e facilitar a visualização das peças pelas clientes.

 

No  lindo cantinho me senti dentro de uma página do Pinterest e queria mostrar para vocês alguns dos objetos decorativos que encontrei por lá produzidos com diversas técnicas. Então, se você pensa em ter uma peça exclusiva em sua casa ou até mesmo dar uma repaginada naquela cadeira velha, por exemplo, recomendo que você conheça o atelier da Rúbia. O atendimento é vip e ela  publica muitas fotos  lindas na sua fan page   Rubigux e no Instagram @rubiguxartes.

Bom gente, tenho certeza que vocês vão se derreter também com tanta beleza e delicadeza. Até o próximo post!

20170826_152915.jpg
De frente para a marca registrada da Rubigux.
20170826_152418.jpg
A escada de uma beliche se transformou neste lindo painel.
20170826_150328.jpg
O armário de aço virou uma peça vintage depois de receber tecido adesivado e aviamentos.
20170826_160141.jpg
Armário feito com caixote de feira.
20170826_160051.jpg
Estou apaixonada por esta luminária.

Um ano de parceria e muito amor pela Coiffer

Gente, sabe amor à primeira vista?

Tudo começou quando eu vi no Instagram um creme de reconstrução que tinha o nome de Cupcake, fabricado por uma empresa que ainda não conhecia. Já falei bastante sobre isso no blog, mas vai que você está lendo pela primeira vez. Quero fazer  um parênteses antes de continuar ( Quem me conhece pessoalmente e meus seguidores sabem que sou cupcakemaníaca e que tenho uma coleção de ítens relacionados ao tema). Pois bem, fiquei curiosa imaginando a textura do creme e o que ele era capaz de fazer com meus cabelos. Pois bem: entrei em contato com a Coiffer, expliquei minha paixão e qual não foi minha surpresa quando cheguei de viagem, em maio de 2016, e me deparei com uma caixa de produtos da marca para eu conhecer e experimentar. Eles duram tanto que até agora tenho meu xodozinho com cheirinho de baunilha que uso para finalizar as madeixas.  Aliás, uma das características dos produtos Coiffer é que são super concentrados.

20170816_105048.png

Nesse período minha  relação com a marca se estreitou e tive  o privilégio de conhecer a distribuidora dos produtos Coiffer aqui no Vale do Paraíba e Litoral Norte: a Leal Cosméticos, onde fui super acolhida pela Amanda, diretora. Lá tive a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o DNA da corporação. A sede da fábrica da Coiffer fica em Cravinhos, no interior de São Paulo e vocês acreditam que é um verdadeiro  castelo? A empresa tem valores em  que acredito muito, como a responsabilidade social, por ser uma empresa amiga da criança, colaborando com a  Fundação Abrinq.

Este ano, na semana do meu aniversário, em junho, a Coiffer me mandou de presente uma caixa cheia de lançamentos da linha cliente para toda a família. Imagina se não fiquei feliz, né? Na hora da foto  fiz questão de colocar no centro o produto que foi o marco desta parceria de sucesso. Isto significa que sou muito grata pela empresa ter acreditado no meu trabalho.

20170713_134247.jpg

Quase surtei com a “Sugar Beet”, que já comecei a experimentar e estou gostando muito. Embora  o shampoo seja de cor roxa,  com conceito No Poo e Low Poo, a linha é indicada para qualquer cor de cabelo, desde que  tenha raiz oleosa, fios secos e pontas elásticas, como é o meu caso. A Coiffer arrasou  muito   no design das embalagens ( Vejam os cupcakes  maravilhosos de novo aí nos rótulos) e funcionalidades dos produtos. O Leave In, por exemplo, hidrata cabelo e corpo.

20170815_115229.png

Outra novidade que me chamou demais a atenção foi a linha Teen, já que são poucas as empresas que  se dedicam a criar produtos específicos para esta faixa etária. E hoje muitas adolescentes já fazem pequenas mechas nos cabelos. Então, bora tratar, né meninas?

FB_IMG_1503429143791.jpg

Para finalizar quero mostrar para vocês um produtinho mara que deixa  o cabelo alinhado, sem frizz e mega  perfumado durante a finalização com secador ou chapinha: o Angels, que tem a mesma fragrância do importado que vocês devem conhecer muito bem. Ele já virou meu queridinho e tem um tamanho ótimo para levar na necessaire.

PicsArt_08-16-12.52.10

Mais uma vez agradeço a Coiffer por ter me escolhido como uma de suas porta-vozes. E se vocês quiserem saber mais ou tiverem dúvidas sobre os produtos, deixem seus comentários aqui que responderei com todo o prazer. Caso seja algo bastante específico, entro em contato com a marca para me informar  e posteriormente entro em contato. Aproveito a oportunidade para convidar vocês a conhecerem o site da marca Coiffer e também suas redes sociais.

Beijos!!!

Passeios em Atibaia

Olá pessoal. Tudo bem? Adoro compartilhar com vocês as cidades que têm atrações bacanas e  que acabo conhecendo. Às vezes elas estão mais próximas do que a gente imagina. É o caso de Atibaia, que fica a uma hora de viagem daqui ( São José dos Campos-SP). Passamos um final de semana na cidade e posso dizer que desestressei.

O primeiro lugar que conhecemos de dia foi a Pedra Grande, Monumento Estadual Natural, que é o ponto turístico mais visitado da cidade. Com 1450 metros de altitude e uma superfície de 200 mil metros quadrados, é o ponto mais alto do município. Por isso se pratica lá vôos de asa delta e outros esportes radicais. Como depende do vento, no dia que fomos infelizmente não havia atletas. O caminho para se chegar ao topo é de terra, e pessoas medrosas como esta que vos fala sofrem um bocado, pois o veículo patina bem. Mas, se a pessoa não quiser pagar o preço de judiar do seu carro, existem agências de Turismo que levam para este passeio, porém o preço não é convidativo. Mas quando se chega na pedra a recompensa é grande: uma vista incrível que dá impressão de estarmos literalmente no céu.

A volta é tranquila e recomendamos o restaurante Parada Obrigatória Recanto das Pedras. Pedimos um filé mignon à cubana que estava delicioso. O prato é a la carte, mas serve bem até 4 pessoas, tanto é que comemos e ainda sobrou bastante.

O segundo ponto turístico que conhecemos foi o Parque Edmundo Zanoni, que tem pedalinho, o salão do artesão, museu de História Natural, além de playground. O local sedia a famosa Festa de Flores e Morangos, que este ano vai ser no período de 1 a 24 de setembro.

 

À noite, até o dia 30 deste mês, ocorre no centro de Atibaia o Festival de Inverno, com apresentações de música , literatura, teatro, fotografia, artes plásticas e dança. Como estávamos muito cansados não esperamos o show, apenas conhecemos a Igreja Matriz, que é muito bonita. O município conta com uma colônia japonesa, que produz flores, morangos e também verduras por meio da técnica da hidroponia, que é bem mais saudável.

img_1988

Nós ficamos hospedados na Pousada das Estrelas, que têm funcionários muito educados, prestativos e diárias acessíveis. E olha que eu pesquisei preços em pelo menos 5 hotéis e pousadas.

Da próxima vez que estivermos lá pretendemos conhecer outros lugares, como uma vinícola, cerâmica, a produção de tapetes arraiolo, entre outros. Tem ainda  o Santuário de Schoenstatt e capelas que se encontram em fazendas centenárias.  Um final de semana é pouco para se deslocar até todos estes lugares, mas creio que 4 dias são suficientes.

Bom gente, espero que vocês tenham gostado da minha dica de Turismo. Agora quero saber se vocês já estiveram na cidade ou se gostariam de conhecê-la.

Tenham uma  bela semana com estas lindas paisagens de Atibaia.

Beijos e até  o próximo post!

 

 

 

 

Primeiro site brasileiro de buscas feminino permite que cliente pesquise bastante antes de comprar

Olá meninas. Tudo bem com vocês?

Andei meio sumida devido a problemas de saúde, mas já estou de volta  e com pique total para as postagens aqui e em minhas redes sociais. Antes de entrar no assunto, quero agradecer a todos que enviaram vibrações positivas neste mês em que comemoro os 2 anos do blog. Muito obrigada mesmo,  de coração.

Em tempos de cries precisamos fazer compras conscientes e não por impulso. Para isso, as mulheres contam com um aliado muito importante: o site de buscas Paraíso Feminino, que é  o primeiro do gênero no Brasil.

Ele funciona aos moldes dos buscadores de viagens  e tem até outlet, para nosssa alegria. Basta entrar no site, pesquisar o produto que deseja e várias opções de marcas brasileiras e estrangeiras  irão aparecer. Segue o link para vocês conhecerem a ferramenta PARAÍSO FEMININO

Eu tive uma experiência e gostei muito do resultado.  Procurei por produtos com pêlos sintéticos, já que mais uma vez eles aparecem como tendência forte no inverno, com valores a partir de R$ 50,00. Eu adoro coletes feitos com o material, mas agora estou de olho em botinhas para esquentar os pés, já que o frio chegou para valer. Bem, espero que tenham gostado da dica e me contem depois se já conheciam ou não.

Beijos

imagem_release_1002804
Shopping Bag Gash – Caramelo Passarela
Divulgação
imagem_release_1002729
Divulgação Jorge Bischofff  de Camurça Com Pêlo na Bizz Store
Divulgação
imagem_release_1002803.jpg
Colete Coleteria de Pelo Degradê Rosa para DAFITI
Divulgação

Você pode ir onde quiser com seu moletom

Tem gente que torce o nariz para essa tendência, mas a blusa de  moletom deixou de ser uma roupa para a gente usar em casa ou malhar. Mas, se você pensou naquela peça folgadona no corpo, esqueça.  Neste inverno ela aparece mais sequinha e combina com calça jeans, de tecido, short e saia. Pode ser usada em várias ocasiões: no trabalho, em um passeio com as amigas e até uma ocasião mais formal, como um jantar.

A primeira vez que usei a minha da Eden Prime optei por um look básico: com jeans, choker e sapato oxford.

20170609_161824.jpg

 

Já a estilosa Camila Loricchio, do blog Castelo de Cartas e parceira do  Blogs do VP,  apostou no moletom da marca Chico Rei  por dentro da calça com suspensório. Achei o máximo!!!

IMG-20170609-WA0018.jpg

 

Também adorei a combinação deste moletom da Eden Prime com short e meia sete oitavos.

IMG-20170608-WA0058

 

E diz se não ficou um arraso este look com maxi colar, saia lápis e salto?

20170612_122736 (1).png
Foto: Pinterest

 

O moletom também pode ser usado com uma saia evasê curtinha, tênis ou botinha de cano curto; ou ainda saia midi com scarpin ou sandália de uma tira, que está super em alta também .

Se comprar a blusa com uma numeração  maior temos um vestido super cool para ser usado com botas de cano alto.

Em um ambiente de trabalho descolado o moletom fica um charme com uma camisa por baixo e as golas para fora.

E vocês, também já aderiram  ao moletom sequinho ou não usariam? Me contem  aqui!

Beijos e uma ótima semana para todo mundo!

Cabelos também podem ser protegidos de forma natural no outono e inverno

 

cabelo lavando

Olá, meninas. Tudo bem?

É fato que nós amamos testar novos produtos para cabelos disponíveis no mercado, mas de vez em quando é bom dar uma pausa e recorrer aos nutrientes que são oferecidos por produtos 100% naturais.

O outono e inverno são  as estações mais secas do ano, por isso hidratar os fios é indispensável. Cada vez mais os procedimentos como alisamentos, chapinha, baby liss, coloração e luzes ganham os corações de homens e mulheres e acabam afetando os fios, deixando-os, muitas vezes, ressecados e quebradiços.

Pensando nisso, o cabeleireiro e químico Marcos Dal Bello, também conhecido como ‘Dr. Cabelo’, criador da técnica de alisamento  feita com tutano de boi, criou uma lista com hidratações que podem  ser feitas em todos os tipos de cabelo e ajudam a fortificar e reparar os fios dos danos do dia a dia.

De acordo com Dal Bello, ir ao salão tratar as madeixas é fundamental, mas ter um cuidado diário faz toda a diferença na hora de ter aquelas cobiçadas madeixas de modelos.

Ainda de acordo com o especialista, é importante que as pessoas comecem a se interessar pelo uso de produtos naturais, pois muitas químicas podem afetar até mesmo a saúde.

Entre as máscaras selecionadas por Dal Bello, destacam-se as que utilizam frutas, como o mamão e o abacate e o leite de vaca integral, alimentos usados no cardápio do dia a dia.

Abacate e cabelo

Ele complementa: “As frutas têm propriedades super importantes que conseguem restaurar os cabelos. Já o leite, pela quantidade de cálcio, consegue fortificar e deixar os cabelos mais bonitos ainda.”

Receitas para fazer em casa:

– Hidratação do Leite: Utilizando uma bola de algodão, aplique leite (sem ferver) em toda a extensão do cabelo, inclusive na raiz. Deixe agir por uma hora e lave o cabelo como de costume. O leite tem propriedades ricas em cálcio, por isso é comum encontrá-lo em xampus, condicionadores e máscaras. Para cabelos cacheados ou ondulados, com a hidratação do leite os fios poderão tomar forma lisa, por isso recomenda-se o uso desta hidratação a cada dia 15 dias;

– Hidratação com óleo de coco: aplique o óleo de coco em toda a extensão do cabelo, inclusive na raiz e no couro cabeludo, e massageie bem. Deixe agir durante a noite e enxague pela manhã. Importante depois do processo secar o cabelo com secador, evitando que a raiz fique úmida.

oleo côco

– Hidratação com banana: misture uma banana madura amassada, uma colher de óleo de amêndoas e duas colheres de mel até ficar homogêneo. Aplique a mistura em toda a extensão do cabelo e deixe agir por 30 minutos. Enxague bem com água morna. Após a aplicação da hidratação recomenda-se secar com o secador e pode-se escovar os cabelos após o processo. Para as pontas, recomenda-se óleo de argan após a escova.

– Hidratação com leite em pó: acrescente água a 1/4 de leite em pó até formar uma pasta homogênea. Aplique a mistura em todo o cabelo, massageando. Envolva a cabeça com uma toalha aquecida e deixe agir por alguns minutos. Enxague e finalize lavando com xampu.

– Hidratação com maionese e abacate: amasse um abacate maduro e misture bem com uma xícara de maionese. Aplique a mistura nos fios, da raiz às pontas. Deixe agir por 20 minutos e lave os cabelos com xampu sem sal. Atente-se ao nível de PH no rótulo do xampu na hora da compra.

Agora eu quero saber  se vocês costumam tratar os cabelos com produtos naturais. Me contem aqui os resultados e compartilhem com as leitoras suas receitinhas. Beijos e até o próximo post.