Minha estreia na Beauty Fair

Olá, encantadas !

Depois de tanta expectativa, pela primeira vez fui conferir  os lançamentos da Beauty Fair em  São Paulo. Aqui compartilho com vocês minhas impressões como blogueira  a respeito da maior feira de beleza da América Latina.

Teve glamour sim, mas babados e confusões também rs. Tivemos problemas no estande de uma empresa que tem ótima reputação entre as blogueiras, mas não vou citar o nome porque enviei um e-mail  relatando o caso e estou aguardando uma resposta. Mas é claro que rolou uma decepção grande, principalmente porque fizemos credenciamento antecipado e fomos convidados para uma programação mega extensa, com presença de várias celebridades, palestras e presentes. Também não vou entrar em detalhes, mas  no domingo  o problema residiu na desorganização. Porém, outras blogueiras chegaram a receber até cosméticos com datas de validade vencidas, inclusive com implicações. Além da falta de consideração, isso é um problema de saúde pública.

No tour de domingo estive acompanhada de  dois amigos do Blogs do VP, o Fran e Renata. Nas filas encontramos a Débora, também parceira do nosso grupo. Nos corredores, é gente se  esbarrando o tempo todo, pisando nos pés e batendo sacolas.

Gente, é tão corrido, que nem dá tempo de almoçar. Passamos o dia beliscando bolachinhas e batendo perna, mesmo assim não visitamos nem 15 estandes. E olha que são  centenas. No ano que vem pretendo evitar filas e conhecer marcas diferentes.  Fizemos vários snaps ( conforme vocês acompanharam em nossas redes sociais), demos risada, nos estressamos, mas tudo isso faz parte da aventura e um dia vai virar recordação.

Logo na entrada, o que eu encontro? Um mar de cupcakes em forma de sabonetes. Quase morri, principalmente porque a venda só era autorizada para lojistas. Eles são produzidos por uma empresa da Inglaterra.

Bom,  como   profissional de Comunicação e Marketing, não pude deixar de analisar a feira do ponto de vista das estratégias, já que o grande objetivo é vender e dar visibilidade às empresas. Vult e Dailus deram um show e montaram verdadeiras instalações para apresentar suas coleções de make, esmaltes e acessórios.

A primeira se baseou no universo musical e a segunda trouxe para o Expo Center Norte uma floresta para mostrar a linha “Coisas de Quem Ama”, com o luxo e delicadeza dos cristais Swarovski.

Os ítens da Dailus devem chegar nas lojas até o final deste mês, mas os valores ainda não foram definidos. Pelo que andei sondando nas redes sociais, as consumidoras temem que esse investimento todo recaia no bolso delas. As duas marcas são queridinhas porque oferecem bons produtos a preços populares. O que deu para concluir no workshop oferecido pela Vult as blogueiras  é que a grande pegada deles na coleção 2016/17 de make é a pele, e que vários esforços foram concentrados neste sentido.

Para este post não ficar grande demais, depois vou detalhar os lançamentos que mais me agradaram  e também apresentar resenhas sobre os produtos que recebemos nos press kits.


img_1868img_1867

img_1871img_1878img_1874img_1879

As cacheadas foram as grandes estrelas desta edição da Beauty Fair. Fiquei surpresa com a quantidade de marcas que estão investindo em linhas específicas.  E isso é muito bom, porque este público representa uma grande parcela da nossa população, que de uns tempos para cá resolveu assumir os cabelos com suas características originais.  A Salon Line lançou até uma linha infantil, o que acaba promovendo  uma conscientização das novas gerações, das mulheres se aceitarem como são. Li recentemente que até modelos internacionais, sejam afros ou não, estão fazendo questão de desfilar com seus cabelos ao natural, lançando mão apenas de produtos como leave-in. Acho essa mudança de comportamento muito positiva.

img_1884

Ainda falando sobre cabelos, a Lizz Professional está lançando secadores com uma tecnologia que  os deixam super leves. E as estampas, vão de delicadas a super coloridas. Eu elegi este fofo como preferido.

Também fiquei interessada em testar este produto para enrolar os cabelos, mas não deu tempo.

Os espaços blogueiras levaram digital influencers para relatar suas  experiências com produtos e também de que forma foram reveladas na mídia, como a Yenzah. O que não achei bacana é que em alguns dos estandes às vezes não havia ninguém para prestar informações a respeito de blogs e muito menos dar  uma assistência, tipo preenchimento de cadastro para o mailing. Passamos em alguns onde os funcionários pegavam nossos  cartões de visitas, mas mal olhavam para a gente. Creio que é preciso haver um preparo maior para que tenham interesse em conhecer nossos trabalhos, já que várias marcas conseguiram projeção no mercado graças às blogueiras.

Mas é claro que existem exceções, por isso quero agradecer às empresas Dailus, Salon Line,  Santa Clara e Vult, que nos concederam um ótimo atendimento, prestaram informações sobre os produtos, que entendem a importância de um press kit com produtos full size para a realização de resenhas e posts, e que  acima de tudo nos reconhecem como profissionais.

Acabei me estendendo mais do que devia por empolgação, mas vocês entendem, né? Fiquem ligadinhas nas minhas redes sociais que em breve vou sortear produtos para cabelos que ganhei e não são compatíveis com minhas madeixas.

Obrigada pela leitura e até o próximo post!

bjs

 

Anúncios

Amostras grátis que realmente chegam

imageOlá meninas. Tudo bem?

Como seria bom se o consumidor pudesse testar  todos os produtos antes de comprá-los, né?  No caso das blogueiras menores, como eu, na maioria das vezes, adquirimos os produtos com o dinheirinho suado do nosso trabalho para elaborar as resenhas.  Já as pessoas comuns, podem contar sim com um aliado. Recentemente fui atrás de sites que faziam propaganda a respeito do fornecimento de amostras grátis sobre os mais diversos produtos. Você se cadastra online com promessa de recebê-los em casa, porém, esses serviços deixam claro que a responsabilidade da entrega do produto é da própria marca. Me cadastrei em 3 deles, mas cheguei à conclusão de que somente um é confiável e por isso estou compartilhando essa experiência com vocês. Até agora recebi tudo o que solicitei por meio do site amostrasgratis.org. Eu optei por produtos relacionados à beleza e que me agregassem valores. Mas tem de tudo lá. De chocolate, passando por ração de gato, até utensílios domésticos. Vale a pena também se cadastrar no Facebook para receber as notificações sobre os novos produtos disponíveis. O tempo de entrega varia de 15 dias a um mês e meio.  Enfim, essa é uma estratégia de Marketing muito bacana, porque a empresa acaba conhecendo um pouco mais do consumidor também quando ele preenche o formulário, que depois tem a oportunidade de testar o produto, e se gostar vai consumir futuramente. No caso dos livros, que fazem parte de um projeto de responsabilidade social, o cidadão será um multiplicador de conhecimentos, e isso é muito bacana.  Enfim, é uma relação de troca em que há ganhos para ambas as partes.

A foto acima  mostra tudo que recebi até agora: Dois livros da Fundação Itaú Social  do projeto Leia para uma Criança #issomudaomundo e amostras de protetor solar da La Roche Posay, perfume Elysee, da O Boticário e Blur Mágico da L´Oreal Paris.

Bom, espero que tenham gostado da dica e até o próximo post!

 

Vintage & Retrô

imageSou apaixonada por tudo que é vintage e retrô, sem exceção. Da moda, passando pela decoração, móveis e tudo que se relaciona a esses estilos. Gosto de garimpar produtos na internet e se vejo uma vitrine com produtos do tipo, piro mesmo. Ainda bem que tenho um marido compreensivo rs
image
imageimageimage imageimage image. Meus sonhos de consumo atuais: comprar um frigobar Brastemp vermelho que tem até as letras impressas com estilo de época e uma cristaleira de madeira com vidro. Bem, muito se fala em vintage e retrô, mas ainda existe certa confusão sobre o significado das peças. Busquei definições em vários sites e blogs e vou tentar exemplificar. O estilo vintage se refere a produtos antigos, mais precisamente produzidos entre as décadas de 20 até 60.  Sã encontrados geralmente em antiquários e podem ser adquiridos de colecionadores. Mas se fizermos uma varredura em casa com certeza podemos encontrar algo, como uma máquina de escrever, por exemplo. Já o retrô  se refere a produtos novos com características de antiguinhos. Tenho em casa algumas coisas bem bacanas adquiridas durante minhas andanças. Também conheci ambientes inspiradores que quero compartilhar com vocês. Achei encantadoras duas caixas registradoras que decoram a Casa do Chocolate, em Maringá, no sul do Estado do Rio de Janeiro. image image Agora, uma dica de etiqueta : não toque jamais nas peças. Muito legal a ação de marketing de uma empresa de produtos de beleza utilizando uma bike retrô para divulgar sua marca em São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos que tem como principal fonte de renda o turismo. Também em  São José dos  Campos existe o “Boteco 80”, um bar que incluiu em sua decoração painéis de personagens de HQs e desenhos animados, fotos de músicos que marcaram época e brinquedos. E por falar em brinquedos queria levar para casa um Playmobil gigante que estava exposto na entrada de uma loja de brinquedos.   Na minha cozinha tenho ímãs de geladeira que reproduzem  propagandas de bebidas do passado e uma bandeja de pin-up que comprei por um valor bem acessível no  Carrefour. Em Guaratinguetá, também no Vale do Paraíba, viramos fãs da boleria “Sabor Retrô”. O lugar é todo estilizado e além do mais serve uma quiche maravilhosa. Sem contar que,  a um quarteirão de distância você sente aquele aroma maravilhoso de bolo de vó saindo do forno. Eles vendem bolos inteiros para levar para casa e também fatias para você saborear no local com vários tipos de café e chás. Bom, espero que tenham gostado e até o próximo post.