Um parque que merece ser visitado

 

São José dos Campos, cidade do Vale do Paraíba onde vivo, tem uma infinidade de parques, praças e espaços públicos que oferecem atividades gratuitas à população. Mas eu já elegi o meu preferido, que é o Vicentina Aranha,  e posso dar a vocês uma série de argumentos convincentes.

O espaço sempre manteve sua vocação de acolhimento. Isso desde a década de 20, quando o prédio abrigou um dos maiores  centros para tratamento de tuberculose da América Latina e um dos primeiros do país, além de outras unidades de saúde. A  mulher que dá nome ao parque foi uma dama da sociedade paulistana, expoente de ações filantrópicas em favor dos enfermos de tuberculose durante as primeiras décadas do século XX. Era esposa do Senador Olavo Egydio, membro da irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Aliás, várias personalidades da cidade tiveram alguma relação com o Vicentina. No site há uma linha do tempo contando toda a história Timeline.

img_3538
Fotos: Marcos Lima, do @focoeimagens

 

img_3544

Com sua arquitetura preservada,  é hoje utilizado pelos moradores para a prática de exercícios físicos e conta com uma série de atividades de lazer e cultura direcionadas a toda família.  Sem contar beleza e imponência  das suas instalações, muito verde e o contato com animais silvestres. A cada quarteirão você encontra uma blogueira fazendo fotos de looks, inclusive eu rs.

img_3609

Em 2006 a Prefeitura Municipal de São José dos Campos adquiriu o Antigo Sanatório, que foi reaberto ao público em 2007. Desde 2011 a AJFAC – Associação Joseense para o Fomento da Arte e da Cultura – como Organização Social de Cultura, desenvolve atividades culturais no espaço e promove a recuperação das edificações com obras de manutenção e restauro. Vamos combinar que não é todo dia que a gente encontra um parque totalmente gerido por uma entidade sem fins lucrativos.

O parque abre diariamente, mas no final de semana a programação é mais extensa, com shows,  oficinas para as crianças, yoga ao ar livre, cinema, teatro, feira de artesanato, de produtos orgânicos e muito mais. No ano passado tivemos a oportunidade de assistir lá show do João Bosco, considerado um dos mestres da MPB, como parte da programação da Festa LiteroMusical. No parque tem um bambuzal maravilhoso e sombra para a gente curtir um som de primeira no domingo.20170212_103455

20170212_112450.jpg

20170212_113422.jpg

Enfim, é um lugar para se respirar ar puro, estar em comunhão com pessoas que amamos, admirar e viajar nas histórias que lemos ou nos contaram. É bom saber que estamos pisando em um solo que sempre proporcionou a cura de corpos e almas de muitos que já não se encontram aqui em nosso  convívio. E você, conhece um parque bacana na sua cidade que gostaria de indicar para meus leitores? Um beijo e até o próximo post.

O modelo de óculos de sol ideal

Olá pessoal.

Estes dias pensei em comprar um par de óculos de sol  pela internet que estava com o preço bem bacana. Foi quando me dei conta que é o tipo de acessório que preciso experimentar  mil vezes antes, a não ser que seja da mesma marca e modelo de um que eu já tenha, o que não é o caso. Acho que sou bem chata para escolher, porque penso se as cores da lente e armação vão combinar com as roupas que tenho; se o modelo cai bem no meu rosto, se é grande ou pequeno demais, enfim, preciso me sentir segura.

O fato é que no verão eles são ítens obrigatórios em nossas bolsas e necessaries porque protegem os olhos dos raios solares. Sem contar que dão um toque especial na produção, com uma aparência mais estilosa, marcante, autêntica e elegante.

Foi quando caiu em minha caixa de e-mail um release que achei muito útil, com dicas da loja online Moda Solar sobre os modelos de armações que se adequam melhor a cada formato de rosto. Creio que  possam ajudar muitas pessoas que ficam  indecisas  na hora de comprar um óculos de sol,  por isso estou compartilhando com vocês.

 

Rosto Oval
Para quem tem esse formato de rosto, a tarefa de escolher um óculos se torna mais fácil. O rosto oval recebe bem qualquer modelo de óculos, sem restrições. O cuidado fica por conta do tamanho; atente-se para não adquirir um acessório muito grande que esconda sua expressão facial, ou muito pequeno que seja confundindo com uma peça infantil.

oculos-de-sol-ideal-para-cada-tipo-de-rosto-oval1
Todas as imagens foram retiradas da internet, por meio do Google.

Rosto Redondo
Para quem tem rosto redondo, a indicação principal é evitar os modelos com linhas arredondadas, pois elas acentuam ainda mais os traços. Para contrastar, apostar nos modelos com linhas retas é a alternativa perfeita.

forma_redondo

Rosto Quadrado
Com traços fortes e marcantes, o rosto quadrado exige óculos com extremidades arredondadas. Isso porque esse estilo de armação promete suavizar a expressão – principalmente as linhas do queixo – e acaba por deixar o rosto mais delicado.

oculos-de-sol-ideal-para-cada-tipo-de-rosto-quadrado1

Rosto Triangular
O modelo triangular combina com óculos de lentes redondas, assim como o modelo aviador. É importante que os óculos tenham as laterais arredondadas, pois deixam o rosto – que tem um aspecto mais fino – com uma leve achatada na região dos olhos, o que confere um visual proporcional.

rosto-triangular-qual-tipo-de-oculos-para-o-rosto-triangular-qual-o-formato-de-oculos-para-o-meu-rosto

Essas dicas podem orientar vocês na escolha do  modelo favorito,  mas lembrem-se de que devemos usar sempre os acessórios que nos fazem sentir bem. Não existem regras, e se você pensa em ousar, vá em frente.

Atualmente eu tenho usado um  modelo Aviador da Triton que combina muito com meu estilo.

img_3626

Agora quero que me contem quais são os modelos de óculos de sol preferidos de vocês.

Um beijo e até o próximo post.

Dicas de passeios em Ubatuba

Olá

Como muitas pessoas estão de férias no mês de janeiro,  resolvi separar alguns roteiros bacanas de cidades turísticas por onde passei e gostaria de  compartilhar com vocês.

Vou começar por uma cidade pela qual sou apaixonada desde criança, onde sempre que posso estou lá para recarregar minhas energias: Ubatuba, no litoral norte de São Paulo.

Mesmo quem é do Vale do Paraíba e está acostumado a descer a serra em direção a esse paraíso, vai concordar comigo que é impossível enjoar da  cidade.

Para vocês terem uma ideia, Ubatuba tem cerca  de 80 praias e eu não conheço ainda nem 20. Espero que consiga chegar a metade  até o final da minha vida (rs).

Uma das nossas praias preferidas  é a da Almada, mas não vou me estender muito porque preparei 3 vídeos a respeito do lugar para vocês comprovarem que não estou exagerando.  Eles podem ser vistos no meu canal do Youtube. Estou deixando os links no final do post.

image

Antes de escolhermos uma praia, eu e meu marido costumamos nos informar a respeito da infraestrutura para passarmos o dia. Porque vamos combinar que não dá para ficar horas sem ir ao banheiro, né?  E nesse quesito a praia foi super  aprovada, pois tem quiosques, restaurantes e estacionamentos com seguranças. Nós costumamos ficar na área que pertence ao restaurante do Cajú, que tem mesinhas com guarda-sol e um cardápio bastante variado de porções e bebidas.

Depois que cansar da praia, a dica são os atrativos do bairro Itaguá, um dos mais charmosos da orla. Com  ruas de paralelepípedo, conta com bares, restaurantes, lojas, sorveterias,  o aquário e muito mais. Na nossa próxima viagem quero andar em uma daquelas bicicletas duplas, que são muito legais.

Um restaurante que já fomos duas vezes e tem excelência em qualidade é o Donana, vque fica na rua principal do bairro. Em dezembro saboreamos um delicioso palmito com molho de camarão e catupiry que é o dos deuses. O prato serve bem até 3 pessoas, porque o nosso sobrou, e olha que comemos bem.

 

 

Outro lugar muito delicioso é o Tachão,  uma mistura de café, conveniência e lojinha com doces, geleias e outras guloseimas  convencionais e diet à base de banana, que é   especialidade da casa. Eu optei por uma torta, acompanhada de café expresso. Já o maridão ficou com o açaí. Tem também uma banana flambada com merengue e sorvete que vi de longe e parecia um espetáculo. Também está na lista das próximas gordices. Quem me conhece sabe que estou em uma fase de consumir somente produtos sem açúcar, mas quando viajo me dou ao direito de enfiar o pé na jaca.
image

Bom gente, esperam que tenham gostado, e semana que vem volto com outra dica de passeio. Sigam o blog e também me acompanhem nas redes sociais, com conteúdos diferenciados.

@encantadocupcake ( Instagram)

cupcake encantado ( Facebook e Twitter)

cupcake encantado ( YouTube)

Links dos vídeos do meu canal:

 

 

Caminho, mirante e Praia da Almada

Muito prazer, Dona Vitamina D

Após fazer um exame de sangue de rotina, descobri que estava com deficiência de vitamina D, e grande, metade do mínimo que serve de referência. Minha ginecologista então me prescreveu a vitamina em cápsula, que deverá ser consumida durante 3 meses consecutivos. Como boa jornalista, fui em busca de mais informações, e para minha surpresa, descobri o quanto ela é importante para a saúde.  Muita gente desconhece, mas o sol é a principal fonte de vitamina D.

imageimageSou de uma geração que muito ouviu falar sobre os malefícios do sol, por isso tenho trauma só de pensar em não usar protetor solar.  O déficit de vitamina D pode causar uma série de problemas, como enfraquecimento dos ossos, alterações cerebrais, inflamações, aumento da pressão arterial, obesidade, diabetes, entre várias doenças. E não estou exagerando.  A lista é tão imensa, que fiquei assustada. O fato é que aos 43 anos tenho que mudar hábitos para não adoecer. Sem contar a preocupação com as gordurinhas, agora tenho que consumir também alimentos que contenham a danada da vitamina D. Quando peguei a lista, outra decepção: peixes de água salgada, como sardinha, salmão, além do leite, que não sou muito fã são ricos desse nutriente. Infelizmente são poucas as frutas que contém vitamina D. Desde que recebi a notícia bombástica mudei o cardápio e venho tentando ingerir pelo menos uma vez ao dia alimentos com vitamina D.  Entre os  que considero saborosos, estão a manteiga, atum e pratos com gemas de ovo na composição. Quando me deparei com o diagnóstico, também me culpei por ter relaxado tanto com minha saúde. Nem me lembro quando foi a última vez que fiz um hemograma completo. É aí você deve estar se perguntando: Jornalista não deveria ser mais consciente que outros profissionais? Aí eu te respondo que deveria sim, mas infelizmente cuidar da gente acaba ficando em segundo plano por causa da sobrecarga de trabalho.  Porém, acredito que tudo o que acontece na vida  tem um propósito, principalmente as coisas  ruins. No meu caso, os 15 minutos de sol sem protetor solar que tenho tomado 3 vezes por semana na praça do meu bairro, além de preservar minha saúde, tem me aproximado mais do que realmente importa: os minutos de silêncio necessários ao relaxamento, admirar as crianças brincando inspiram e me levam a crer nos meus sonhos, entre eles o de ser mãe,  e por fim a beleza da natureza que me encanta! E você,  de que tipo de check-up está precisando?