Um parque que merece ser visitado

 

São José dos Campos, cidade do Vale do Paraíba onde vivo, tem uma infinidade de parques, praças e espaços públicos que oferecem atividades gratuitas à população. Mas eu já elegi o meu preferido, que é o Vicentina Aranha,  e posso dar a vocês uma série de argumentos convincentes.

O espaço sempre manteve sua vocação de acolhimento. Isso desde a década de 20, quando o prédio abrigou um dos maiores  centros para tratamento de tuberculose da América Latina e um dos primeiros do país, além de outras unidades de saúde. A  mulher que dá nome ao parque foi uma dama da sociedade paulistana, expoente de ações filantrópicas em favor dos enfermos de tuberculose durante as primeiras décadas do século XX. Era esposa do Senador Olavo Egydio, membro da irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Aliás, várias personalidades da cidade tiveram alguma relação com o Vicentina. No site há uma linha do tempo contando toda a história Timeline.

img_3538
Fotos: Marcos Lima, do @focoeimagens

 

img_3544

Com sua arquitetura preservada,  é hoje utilizado pelos moradores para a prática de exercícios físicos e conta com uma série de atividades de lazer e cultura direcionadas a toda família.  Sem contar beleza e imponência  das suas instalações, muito verde e o contato com animais silvestres. A cada quarteirão você encontra uma blogueira fazendo fotos de looks, inclusive eu rs.

img_3609

Em 2006 a Prefeitura Municipal de São José dos Campos adquiriu o Antigo Sanatório, que foi reaberto ao público em 2007. Desde 2011 a AJFAC – Associação Joseense para o Fomento da Arte e da Cultura – como Organização Social de Cultura, desenvolve atividades culturais no espaço e promove a recuperação das edificações com obras de manutenção e restauro. Vamos combinar que não é todo dia que a gente encontra um parque totalmente gerido por uma entidade sem fins lucrativos.

O parque abre diariamente, mas no final de semana a programação é mais extensa, com shows,  oficinas para as crianças, yoga ao ar livre, cinema, teatro, feira de artesanato, de produtos orgânicos e muito mais. No ano passado tivemos a oportunidade de assistir lá show do João Bosco, considerado um dos mestres da MPB, como parte da programação da Festa LiteroMusical. No parque tem um bambuzal maravilhoso e sombra para a gente curtir um som de primeira no domingo.20170212_103455

20170212_112450.jpg

20170212_113422.jpg

Enfim, é um lugar para se respirar ar puro, estar em comunhão com pessoas que amamos, admirar e viajar nas histórias que lemos ou nos contaram. É bom saber que estamos pisando em um solo que sempre proporcionou a cura de corpos e almas de muitos que já não se encontram aqui em nosso  convívio. E você, conhece um parque bacana na sua cidade que gostaria de indicar para meus leitores? Um beijo e até o próximo post.

Anúncios

Bodies prometem reinar no Carnaval

Olá, gente encantada!

Hoje quero falar para vocês de uma peça antigona que adoro e permite várias combinações.

Quando eu era adolescente chamavam de collant. Agora virou body.  Mas se você tiver um maiô esquecido no guarda-roupa também está valendo para se jogar nesta tendência  do verão, que também  promete reinar nos looks das mulheres  descoladas neste  Carnaval.

Os  bodies saíram das praias e piscinas e ganharam espaço nas principais produções de streetstyle. Com um mood que transita entra um revival dos anos 80 e a tendência do sereismo, são confortáveis para aproveitar os dias de folia .

As marcas apostam em  modelos monocromáticos, estampados, com frases divertidas, , inspirados nos super- heróis, florais, recortados ou mais “comportados”; ideais para todos os gostos.

304915_678653_foto2
Da esquerda para a direita: STrend, C&A, Tufi Duek, Tigresse, Fórum e GataBakana.                                           Foto: Divulgação das marcas

 

Os bodies são bem versáteis, podendo ser combinados com calça, short e saia, preferencialmente de cintura alta.

Insira sua personalidade no look, misturando colares ou usando uma chocker. Para quem aprecia a onda do sereismo, vale ousar com uma bolsinha, brincos de concha, estrela  ou ainda um colete holográfico.

Gente, diz se este look não causa um efeito uau?

d8162dc8aa015011c6698d4393fb89d9
Fonte: Pinterest

 

Eu acho muito sensual sem ser vulgar os bodies que deixam  costas à mostra.

d65056fa29dbd23b2a047c2cd014051a
Fonte: Pinterest

 

O segredo é se divertir com a peça e usar a imaginação! Beijinhos!

Em Ubatuba não existe rotina

Olá, pessoal.

Estão aproveitando o verão?  Quando é possível desço para Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. Acho que este é o terceiro post que faço dessa cidade encantadora que frequento desde criança.

Em Ubatuba não existe rotina. Sempre volto de lá com novidades para contar. Além das mais de 100 praias existentes ( acho que não conheço 20 ainda), o município tem uma rica gastronomia, artesanato, fabricação de moda praia, comércio bacana e ainda feira hippie.

Tudo isso é um prato cheio para o consumismo, mas bom mesmo é contemplar a incomparável beleza da Serra do Mar,  com suas praias de águas cristalinas, cachoeiras e muita mata nativa.

Hoje trago para vocês dicas de lugares e passeios bastante atrativos. Vou começar com a gastronomia. Como sou a louca do camarão é o primeiro prato que procuro em um cardápio de restaurante quando estou em Ubatuba. A barraca do Cajú,na praia da Almada,serve este magnífico prato composto de camarões com crosta de gergelim, arroz com brócolis e batata souté. É dos deuses, minha gente!

Outro lugar bem  bacana que conhecemos no último final de semana que estivemos lá foi o Mango Creperia , na Avenida Guarani, no bairro do Itaguá, localizado no centro de compras mais charmoso de Ubatuba. O restaurante tem um cardápio bastante diversificado, com pratos, porções e lanches, porém a especialidade é o crepe. Nem preciso dizer que pedi o de camarão, mas existe uma infinidade de sabores para vocês escolherem. Tudo isso regado  a uma MPB ao vivo da melhor qualidade.

Agora, que tal adoçar a vida, com este delicioso sorvete ao forno do Tachão? O estabelecimento é especializado em bananas, mas essa guloseima é a melhor que já comi lá. Trata-se de uma  fatia de bolo pão de ló, com salada de frutas, sorvete a escolher e cobertura de merengue gratinado. Só digo que vocês precisam experimentar.

Agora, quando o assunto é praia sou suspeita para falar, porque a da Almada conquistou meu coração e toda vez que vou a Ubatuba preciso dar uma passadinha lá. Como não sei nadar procuro sempre praias que não têm ondas, e ela tem esse perfil. Sem contar que existe uma infraestrutura muito boa nas barracas, com sanitários e duchas. Porque mulher prioriza tudo isso, né?

Recentemente conhecemos a Praia do Lázaro, também de águas calmas, tipo piscina. Também têm barracas, mas faltam sanitários e duchas. Pelo que ouvi de um comerciante, a ideia é melhorar o atendimento a turistas, mas parece que está rolando um perrengue com o poder público.  Um fato que observei é que os valores cobrados nas porções são mais baixos que na Praia da Almada. Em algumas a diferença chega a R$ 15,00. Outra vantagem é que  o estacionamento não é pago. Você só precisa dar uma gorjeta para os guardadores de carros na saída. De qualquer forma, ambas  são frequentadas por famílias e são bem sossegadas. Se você procura agito, definitivamente, essas não são suas praias.

Acompanhem no meu  Instagram e Facebook  mais fotos de Ubatuba e das comprinhas que fiz na minha última viagem.

E vocês, o que mais gostam em Ubatuba? Quem tem curiosidade em conhecer esta linda cidade?

Beijos e até o próximo post.