Bodies prometem reinar no Carnaval

Olá, gente encantada!

Hoje quero falar para vocês de uma peça antigona que adoro e permite várias combinações.

Quando eu era adolescente chamavam de collant. Agora virou body.  Mas se você tiver um maiô esquecido no guarda-roupa também está valendo para se jogar nesta tendência  do verão, que também  promete reinar nos looks das mulheres  descoladas neste  Carnaval.

Os  bodies saíram das praias e piscinas e ganharam espaço nas principais produções de streetstyle. Com um mood que transita entra um revival dos anos 80 e a tendência do sereismo, são confortáveis para aproveitar os dias de folia .

As marcas apostam em  modelos monocromáticos, estampados, com frases divertidas, , inspirados nos super- heróis, florais, recortados ou mais “comportados”; ideais para todos os gostos.

304915_678653_foto2
Da esquerda para a direita: STrend, C&A, Tufi Duek, Tigresse, Fórum e GataBakana.                                           Foto: Divulgação das marcas

 

Os bodies são bem versáteis, podendo ser combinados com calça, short e saia, preferencialmente de cintura alta.

Insira sua personalidade no look, misturando colares ou usando uma chocker. Para quem aprecia a onda do sereismo, vale ousar com uma bolsinha, brincos de concha, estrela  ou ainda um colete holográfico.

Gente, diz se este look não causa um efeito uau?

d8162dc8aa015011c6698d4393fb89d9
Fonte: Pinterest

 

Eu acho muito sensual sem ser vulgar os bodies que deixam  costas à mostra.

d65056fa29dbd23b2a047c2cd014051a
Fonte: Pinterest

 

O segredo é se divertir com a peça e usar a imaginação! Beijinhos!

Patch: Porque te quero!

Gente, estou apaixonada por essa modinha dos patches e já estou querendo vários para customizar  peças de roupas que estão encalhadas em casa.

Patches são bordados que víamos muito no passado em jaquetas de motoqueiros e até mesmo nos uniformes militares. Aliás, foi daí que eles surgiram, na década de 30.

patches-2
Imagem extraída do Google

 

Na época eles serviam como uma identificação nos uniformes, para mostrar de qual patente e exército era o soldado. Mas não demorou muito para que eles fossem introduzidos no mundo do Rock.

Nos anos 70, por exemplo,  esses bordados eram muito usados pelos punks, que viram nos patches uma forma de mostrar seus gostos musicais e suas opiniões políticas.

Elas são uma ótima alternativa para repaginar itens básicos do guarda-roupas, como jaquetas, shorts jeans, camisetas, bolsas,  entre outras peças e acessórios que podem ficar ainda mais coloridos e cheios de atitude.

Separei alguns modelos de roupas descoladas com aplicações de patches que encontrei na loja virtual da C&A com preços camaradas.

295438_644943_c_a___r_89_99___196133_.jpg

295438_644962_c_a___r_79_99___196142_.jpg

blusa-com-patch-off-white-8427740-off_white_1

 

short-com-patch-branco-8486626-branco_1

colete-jeans-com-patch-azul-medio-8378424-azul_medio_1

 

Agora, se você pretende criar looks  personalizados também é muito fácil.   Antigamente a gente encontrava muitos modelos para serem costurados nas roupas. Como tudo  na vida evolui, hoje podem ser colados de forma super fácil e sem sujeira.

Durante minha pesquisa fiquei encantada com a grande variedade de modelos  termocolantes que encontrei na Toca dos Bordados. Veja a   Loja Virtual, com valores bem acessíveis ( a partir de R$ 5,00). Não é publi, tá gente?  E é claro que achei de cupcake rs

mod153_-_cupcake_8

E vocês, também gostam dessa moda divertida? Deixem aqui seus comentários.

Beijos e até o próximo post.

Lançamentos na Oscar Calçados

O Coletivo de Blogs do Vale do Paraíba foi convidado para prestigiar o lançamento das coleções de inverno das marcas Jorge Bischoff e Loucos&Santos, na loja conceito da rede Oscar Calçados no Shopping Colinas, em São José dos Campos. Algumas parceiras estiveram presentes fazendo a cobertura do evento para seus blogs e canais no YouTube.

A festa estava muito bacana, com direito a coquetel e até DJ animando os convidados.

IMG_3381

O que se pode observar nas vitrines é que este inverno será marcado por variedades em cores e modelos para agradar todos os estilos de mulheres.

IMG_3375IMG_3376

Eu tive o prazer de conhecer e entrevistar a mega simpática consultora de moda, Juliana Friggi, sobre as tendências da nova estação em calçados,  para trazer informações em primeira mão  aqui para vocês. De acordo com ela, o folk e western predominam nas botas  e bolsas, com franjas, amarrados, muita camurça e o salto bloco. No que diz respeito as cores, estarão em alta  fúcsia, vinho,  tons terrosos,  conhaque, camelo, e o clássico preto e branco, com destaque para o verniz. As botas, que não podem faltar no inverno, vão dos estilosos coturnos, passando pelas  baixinhas, de cano médio, cano alto, até a que dobram, proporcionado looks diferentes. Os scarpins também aparecem bastante nas novas coleções e o tradicional Oxford, no mais autêntico estilo boy-friend, vem com tudo, revisitado e com muitas opções de cores e modelos, sem salto, com plataforma emborrachada, no dourado, prata, solado branco, entre outros modelos.

IMG_3384
A consultora de moda, Juliana Friggi, que foi super atenciosa comigo, em meio a agitação do evento.

 

IMG_3387
Preciso de um para  chamar de meu
IMG_3389
Com a querida, Natália Nascimento, do Estilosos no Metrô e minha parceira no Coletivo de Blogs do VP  nas áreas de Comunicação e Relacionamento.

IMG_3379Espero que tenham gostado das tendências e participem do blog, comentando,  dando sugestões e também compartilhando dicas. Um super beijo!

 

Camisas com Gola Laço serão tendência no Inverno

As camisas com golas de laço foram reiventadas para o inverno deste ano. Elas ganham estampas geométricas, tamanhos expressivos, materiais diferentes.

Além disso, a peça não fica presa  ao conceito romântico. Elas podem acompanhar calças boyfriends, terninhos, saias mídi, e pantacourts.

A  moda das camisas com golas de laço  começou com Coco Chanel, estilista icônica da década de 20, que não abria mão da sofisticação de uma camisa com laço.

Na década de 70, a peça voltou com uma pegada muito mais descontraída, com destaque para as estampas psicodélicas.

Na sequência separei uns modelos que encontrei em lojas virtuais a preços bacanas.

Achei muito  fashion esta jeans da Renner.

IMG_1624

O xadrez é um clássico e vai com tudo. Também pode ser encontrada

 na Renner

IMG_1625.PNG

Agora uma  preta básica da C&A,  que pode ser usada do trabalho ao happy hour.

FullSizeRender (1).jpg

 

Espero que tenham gostado das dicas, meninas. Um beijo!

A beleza que vai além da crise

image

Aproveitando o gancho da 8ª edição da  Expobeleza, grande evento do setor que ocorre até a próxima segunda-feira, dia 9 de novembro, em São José dos Campos ( SP), minha cidade, quero abordar a importância deste segmento não somente para a economia, como para o indivíduo.

A palavra crise não existe para o setor de beleza. Esses dias estava até comentando com colegas de trabalho essa realidade. E a mulher, é claro,  tem uma grande participação nisso. Porque somos assim: queremos estar bonitas nos momentos de infortúnio e também nos mais felizes. É por isso que compartilho da ideia que beleza é um estado de espírito.  Eu, por exemplo, quando estou meio para baixo, a primeira coisa que faço é mudar a cor do cabelo ou fazer um corte radical. Sobre adquirir roupas, sapatos, cosméticos, é melhor nem comentar rs.  Tem gente que recorre a drenagem, lipo, e por aí vai. Enfim, e hoje os homens também estão bem mais vaidosos que há 20 anos  e têm recorrido a produtos para adiar o envelhecimento, melhorarem o aspecto da pele e se sentirem também mais bonitos. E por que não? A classe feminina apoia sim.

Mas, para exemplificar isto que estou falando vamos a uma informação importante. Em termos globais, o Brasil é o terceiro maior mercado consumidor de produtos de beleza, só perdendo para o Japão e Estados Unidos. Nem vou entrar no mérito dos números para o post não ficar chato, mas o faturamento é grande, viu?  E se a alta do dólar está impedindo que as pessoas recorram aos produtos importados, chegou a hora e a vez dos nacionais mostrarem o seu valor. E como consumidora e consumista que sou, posso afirmar categoricamente que existem muitas marcas genuinamente brasileiras que já estão em um  patamar que podem ser facilmente substituídas pelas estrangeiras. Como estudiosa de Comunicação Empresarial posso dizer também que as blogueiras também têm contribuído enormemente para  alavancar os negócios dessas empresas, com a geração de mídia espontânea. Mesmo porque a grande maioria paga pelos produtos  que consome, então as postagens e vídeos acabam tendo mais credibilidade.

Voltando à Expobeleza, estou na expectativa, pois nunca compareci a um evento de grande porte neste setor. Desta vez como blogueira. Já cobri feiras de design, decoração e construção  para uma revista em que trabalhei, mas imagino que seja um mundo muito encantado, que provavelmente precisarei de várias horas para desbravá-lo.  Assisti na tv uma entrevista com  a organizadora e está sendo esperado um público de 20 mil pessoas em 3 dias. São 160 expositores espalhados no pavilhão da  Expo Vale Sul Shopping, que irão apresentar tendências em maquiagem, cabelo e afins. O evento contará com workshops, desfiles, seminários, lançamentos e rodadas de negócios. O que achei mais interessante é que a feira é voltada para todos os públicos dessa cadeia produtiva: indústria, varejo e consumidor final. Bom, é isso. Estarei no evento para comprovar esse boom no segmento e trarei novidades semana que vem em posts e vídeos. Me acompanhem!