Um ano de parceria e muito amor pela Coiffer

Gente, sabe amor à primeira vista?

Tudo começou quando eu vi no Instagram um creme de reconstrução que tinha o nome de Cupcake, fabricado por uma empresa que ainda não conhecia. Já falei bastante sobre isso no blog, mas vai que você está lendo pela primeira vez. Quero fazer  um parênteses antes de continuar ( Quem me conhece pessoalmente e meus seguidores sabem que sou cupcakemaníaca e que tenho uma coleção de ítens relacionados ao tema). Pois bem, fiquei curiosa imaginando a textura do creme e o que ele era capaz de fazer com meus cabelos. Pois bem: entrei em contato com a Coiffer, expliquei minha paixão e qual não foi minha surpresa quando cheguei de viagem, em maio de 2016, e me deparei com uma caixa de produtos da marca para eu conhecer e experimentar. Eles duram tanto que até agora tenho meu xodozinho com cheirinho de baunilha que uso para finalizar as madeixas.  Aliás, uma das características dos produtos Coiffer é que são super concentrados.

20170816_105048.png

Nesse período minha  relação com a marca se estreitou e tive  o privilégio de conhecer a distribuidora dos produtos Coiffer aqui no Vale do Paraíba e Litoral Norte: a Leal Cosméticos, onde fui super acolhida pela Amanda, diretora. Lá tive a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o DNA da corporação. A sede da fábrica da Coiffer fica em Cravinhos, no interior de São Paulo e vocês acreditam que é um verdadeiro  castelo? A empresa tem valores em  que acredito muito, como a responsabilidade social, por ser uma empresa amiga da criança, colaborando com a  Fundação Abrinq.

Este ano, na semana do meu aniversário, em junho, a Coiffer me mandou de presente uma caixa cheia de lançamentos da linha cliente para toda a família. Imagina se não fiquei feliz, né? Na hora da foto  fiz questão de colocar no centro o produto que foi o marco desta parceria de sucesso. Isto significa que sou muito grata pela empresa ter acreditado no meu trabalho.

20170713_134247.jpg

Quase surtei com a “Sugar Beet”, que já comecei a experimentar e estou gostando muito. Embora  o shampoo seja de cor roxa,  com conceito No Poo e Low Poo, a linha é indicada para qualquer cor de cabelo, desde que  tenha raiz oleosa, fios secos e pontas elásticas, como é o meu caso. A Coiffer arrasou  muito   no design das embalagens ( Vejam os cupcakes  maravilhosos de novo aí nos rótulos) e funcionalidades dos produtos. O Leave In, por exemplo, hidrata cabelo e corpo.

20170815_115229.png

Outra novidade que me chamou demais a atenção foi a linha Teen, já que são poucas as empresas que  se dedicam a criar produtos específicos para esta faixa etária. E hoje muitas adolescentes já fazem pequenas mechas nos cabelos. Então, bora tratar, né meninas?

FB_IMG_1503429143791.jpg

Para finalizar quero mostrar para vocês um produtinho mara que deixa  o cabelo alinhado, sem frizz e mega  perfumado durante a finalização com secador ou chapinha: o Angels, que tem a mesma fragrância do importado que vocês devem conhecer muito bem. Ele já virou meu queridinho e tem um tamanho ótimo para levar na necessaire.

PicsArt_08-16-12.52.10

Mais uma vez agradeço a Coiffer por ter me escolhido como uma de suas porta-vozes. E se vocês quiserem saber mais ou tiverem dúvidas sobre os produtos, deixem seus comentários aqui que responderei com todo o prazer. Caso seja algo bastante específico, entro em contato com a marca para me informar  e posteriormente entro em contato. Aproveito a oportunidade para convidar vocês a conhecerem o site da marca Coiffer e também suas redes sociais.

Beijos!!!

Anúncios

Minha estreia na Beauty Fair

Olá, encantadas !

Depois de tanta expectativa, pela primeira vez fui conferir  os lançamentos da Beauty Fair em  São Paulo. Aqui compartilho com vocês minhas impressões como blogueira  a respeito da maior feira de beleza da América Latina.

Teve glamour sim, mas babados e confusões também rs. Tivemos problemas no estande de uma empresa que tem ótima reputação entre as blogueiras, mas não vou citar o nome porque enviei um e-mail  relatando o caso e estou aguardando uma resposta. Mas é claro que rolou uma decepção grande, principalmente porque fizemos credenciamento antecipado e fomos convidados para uma programação mega extensa, com presença de várias celebridades, palestras e presentes. Também não vou entrar em detalhes, mas  no domingo  o problema residiu na desorganização. Porém, outras blogueiras chegaram a receber até cosméticos com datas de validade vencidas, inclusive com implicações. Além da falta de consideração, isso é um problema de saúde pública.

No tour de domingo estive acompanhada de  dois amigos do Blogs do VP, o Fran e Renata. Nas filas encontramos a Débora, também parceira do nosso grupo. Nos corredores, é gente se  esbarrando o tempo todo, pisando nos pés e batendo sacolas.

Gente, é tão corrido, que nem dá tempo de almoçar. Passamos o dia beliscando bolachinhas e batendo perna, mesmo assim não visitamos nem 15 estandes. E olha que são  centenas. No ano que vem pretendo evitar filas e conhecer marcas diferentes.  Fizemos vários snaps ( conforme vocês acompanharam em nossas redes sociais), demos risada, nos estressamos, mas tudo isso faz parte da aventura e um dia vai virar recordação.

Logo na entrada, o que eu encontro? Um mar de cupcakes em forma de sabonetes. Quase morri, principalmente porque a venda só era autorizada para lojistas. Eles são produzidos por uma empresa da Inglaterra.

Bom,  como   profissional de Comunicação e Marketing, não pude deixar de analisar a feira do ponto de vista das estratégias, já que o grande objetivo é vender e dar visibilidade às empresas. Vult e Dailus deram um show e montaram verdadeiras instalações para apresentar suas coleções de make, esmaltes e acessórios.

A primeira se baseou no universo musical e a segunda trouxe para o Expo Center Norte uma floresta para mostrar a linha “Coisas de Quem Ama”, com o luxo e delicadeza dos cristais Swarovski.

Os ítens da Dailus devem chegar nas lojas até o final deste mês, mas os valores ainda não foram definidos. Pelo que andei sondando nas redes sociais, as consumidoras temem que esse investimento todo recaia no bolso delas. As duas marcas são queridinhas porque oferecem bons produtos a preços populares. O que deu para concluir no workshop oferecido pela Vult as blogueiras  é que a grande pegada deles na coleção 2016/17 de make é a pele, e que vários esforços foram concentrados neste sentido.

Para este post não ficar grande demais, depois vou detalhar os lançamentos que mais me agradaram  e também apresentar resenhas sobre os produtos que recebemos nos press kits.


img_1868img_1867

img_1871img_1878img_1874img_1879

As cacheadas foram as grandes estrelas desta edição da Beauty Fair. Fiquei surpresa com a quantidade de marcas que estão investindo em linhas específicas.  E isso é muito bom, porque este público representa uma grande parcela da nossa população, que de uns tempos para cá resolveu assumir os cabelos com suas características originais.  A Salon Line lançou até uma linha infantil, o que acaba promovendo  uma conscientização das novas gerações, das mulheres se aceitarem como são. Li recentemente que até modelos internacionais, sejam afros ou não, estão fazendo questão de desfilar com seus cabelos ao natural, lançando mão apenas de produtos como leave-in. Acho essa mudança de comportamento muito positiva.

img_1884

Ainda falando sobre cabelos, a Lizz Professional está lançando secadores com uma tecnologia que  os deixam super leves. E as estampas, vão de delicadas a super coloridas. Eu elegi este fofo como preferido.

Também fiquei interessada em testar este produto para enrolar os cabelos, mas não deu tempo.

Os espaços blogueiras levaram digital influencers para relatar suas  experiências com produtos e também de que forma foram reveladas na mídia, como a Yenzah. O que não achei bacana é que em alguns dos estandes às vezes não havia ninguém para prestar informações a respeito de blogs e muito menos dar  uma assistência, tipo preenchimento de cadastro para o mailing. Passamos em alguns onde os funcionários pegavam nossos  cartões de visitas, mas mal olhavam para a gente. Creio que é preciso haver um preparo maior para que tenham interesse em conhecer nossos trabalhos, já que várias marcas conseguiram projeção no mercado graças às blogueiras.

Mas é claro que existem exceções, por isso quero agradecer às empresas Dailus, Salon Line,  Santa Clara e Vult, que nos concederam um ótimo atendimento, prestaram informações sobre os produtos, que entendem a importância de um press kit com produtos full size para a realização de resenhas e posts, e que  acima de tudo nos reconhecem como profissionais.

Acabei me estendendo mais do que devia por empolgação, mas vocês entendem, né? Fiquem ligadinhas nas minhas redes sociais que em breve vou sortear produtos para cabelos que ganhei e não são compatíveis com minhas madeixas.

Obrigada pela leitura e até o próximo post!

bjs

 

Cobertura da Expobeleza em São José dos Campos

Como vão, garotas? Estive no domingo, dia 8 de novembro, na Expobeleza, em São José dos Campos (SP) para trazer um pouco das novidades desse mercado tão atrativo para nós. Tanto como jornalista e blogueira, é a primeira vez que faço cobertura de um evento nesse segmento. Me diverti, fiz comprinhas com as amigas, contatos e espero que novas oportunidades de negócios apareçam. Só fiquei decepcionada com o fato das palestras das blogueiras do Vale do Paraíba serem canceladas de última hora. Elas acabaram se dispersando na feira e acabamos não nos conhecendo. Fiz um registro    de estilos  de make e cabelos que me chamaram atenção, de alguns lançamentos nos stands e dos momentos agradáveis que passei numa tarde do final de semana em companhia de amigas. Gostaria de agradecer também a todas as empresas que cederam produtos  para o press kit de imprensa e ofertaram brindes durante visitas aos stands. Em breve postarei resenhas e vídeos no meu canal do youtube. Espero que gostem, curtam, comentem e compartilhem o link deste post. Beijinhos encantados!

A Papaya Comunicação mandou muito bem no projeto gráfico da revista. Amei!
A Papaya Comunicação mandou muito bem no projeto gráfico da revista. Amei!
Com as queridas amigas e parceiras do blog Baú Hype, Giane e Fran. Faltou a Bel, que estava doente.
Com as queridas amigas e parceiras do blog Baú Hype, Giane e Fran. Faltou a Bel, que estava doente.
A amiga Fernanda foi cinegrafista por um dia e me acompanhou até o fim. Valeu, girl!
A amiga Fernanda foi cinegrafista por um dia e me acompanhou até o fim. Valeu, girl!
Meu look para o evento: macaquinho Rery e sandália gladiadora Mississipi.
Meu look para o evento: macaquinho Rery e sandália gladiadora Mississipi.
A solidariedade também esteve presente na Casa Rosa, que estava cortando os cabelos das voluntárias, que por sua vez doavam as madeixas para a confecção de perucas que serão doadas às pacientes com câncer.
A solidariedade também esteve presente na Casa Rosa, que estava cortando os cabelos das voluntárias, que por sua vez doavam as madeixas para a confecção de perucas que serão doadas às pacientes com câncer.
A estilosa Sol Gadioli na correria da organização do evento.
A estilosa Sol Gadioli na correria da organização do evento.
Stand do Spa das Sobrancelhas, que ofereceu preços promocionais às visitantes.
Stand do Spa das Sobrancelhas, que ofereceu preços promocionais às visitantes.
Lançamentos Dailus.
Lançamentos Dailus.
Um luxo a combinação de 4 cores de sombra produzida pela maquiadora da Dailus.
Um luxo a combinação de 4 cores de sombras produzida pela maquiadora da Dailus.
Lançamentos da Vult no stand da Danny Cosméticos.
Lançamentos da Vult no stand da Danny Cosméticos.
Cabelos de diva!
Cabelos de diva!

Produtos para domar cabelos lisos, com volume e rebeldes

Produtos que uso para domar minhas madeixas.
Produtos que uso para domar minhas madeixas.

Quem tem cabelo liso também sofre, viu? Que o diga  meu marido, que vive desembaraçando meus inúmeros nós rs.  De vez em quando me vejo à beira de um ataque de nervos, prometo que vou cortar, mas me falta coragem.  Só para situar vocês, já que vou ser bem específica: Meu cabelo é liso, de tamanho médio, tem química ( pinto e faço luzes com frequência), é fino, tenho fios a perder de vista, o que significa volume, e quando ficam armados não me agradam nenhum pouco. Já fiz progressiva 2 vezes no meu cabelo, mas não tenho paciência para mofar 3 horas no salão. Secador e chapinha uso quando vou a uma festa ou em ocasiões especiais. Como estou sempre com  pressa, prefiro secar meu cabelo naturalmente, ou quase. É claro que preciso recorrer a uns produtos.  E eles são justamente o tema do meu post. A começar pelo shampoo/condicionador.  E para avaliar esses produtos preciso ao menos ter  experiência com eles de um mês, no mínimo. Só sei que estou gostando muito do Supreme Control 4D da linha Elseve, da L’Oréal Paris. Estou usando o duo há 2 meses e os resultados têm sido excelentes. A fórmula contém manteiga de babaçu e polímero PQ.  Meu cabelo reduziu o volume, está mais brilhoso e fácil de pentear. Os produtos são indicados para cabelos difíceis de controlar, volumosos ou com frizz. Outro produto que faz parte do meu kit de sobrevivência é o Silicone Max Reparador de Pontas Liso Prolongado Orquídea da Niely Gold. Ele é indicado para eliminar o frizz e finalizar o penteado. Pode ser usado com o cabelo seco ou úmido. Eu fico com a segunda opção para reduzir o volume e desembaraçar os fios. Por fim,  o mais top de todos tem sido o Defrizante Multifuncional com filtro solar Vitalcap da Belo Fio. Com óleo de argan, mandioca e keraplus, o produto atua em 4 frentes: acentua o efeito liso, modela os cachos em quem tem cabelo cacheado, é um fortalecedor antiquebra e protetor térmico. Sem contar que rende muito. Há quase um ano estou usando um frasco de 300 ml. Basta colocar um pouquinho na palma da mão e espalhar na cabeleira. Para acrescentar tem um cheirinho de shampoo profissional muito agradável, portanto não se preocupe se ele ofuscar a fragrância do seu shampoo favorito. Eu comprei o meu exemplar na Mega Vale de São José dos Campos ( SP), mas creio que seja fácil achar em outras localidades. Bom gente, por hoje é só. Espero que tenha ajudado muitas de vocês, que assim como eu, sofrem para domar os cabelos lisos, com volume e difíceis de pentear. Comentem aqui que vou gostar muito de trocar ideias com vocês. Um beijo e até mais.

“O Câncer de Mama no Alvo da Moda” completa 20 anos no Brasil e incentivou o engajamento de outras marcas na luta contra a doença

Hering foi pioneira e completa agora em 2015 20 anos de parceria no projeto.
Hering foi pioneira e completa agora em 2015 20 anos de parceria no projeto.
Logomarca da campanha
Logomarca da campanha “O câncer de mama no alvo da moda”.

Hoje abordo um assunto que estudei em minha pós graduação em Marketing e adoro, que é a responsabilidade social das empresas. Sabemos que esses projetos agregam valores importantes às marcas, agora uma iniciativa que dura 20 anos é digna de ser um case de um sucesso, que deve ser aplaudido . Atualmente existem várias corporações brasileiras apoiando a luta contra o câncer de mama, mas nem sempre foi assim e eu vou contar para vocês como se deu esse pioneirismo.É importante lembrar que sempre junto com uma grande empresa caminha uma instituição idônea para fazer a diferença, tanto na multiplicação das ações para conscientizar a população, quanto em relação à destinação dos recursos..

E o  Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC) é uma delas, que  acertou no alvo quando trouxe ao Brasil, depois de uma parceria com o Conselho dos Designers de Moda da América em 1995, a campanha Fashion Targets Breast Cancer, criada em 1994 para alertar as mulheres sobre a importância da detecção precoce do câncer de mama.

A iniciativa americana foi do estilista Ralph Lauren, que, após acompanhar a luta de sua amiga e jornalista Nina Hyde contra o câncer de mama, decidiu que precisava usar a moda para falar com as mulheres sobre este assunto. Criador do alvo azul, ele fez mais do que isso. Sua campanha fez sucesso nos EUA e logo chegou ao Brasil, primeiro país a realizá-la fora dos EUA e onde fez ainda mais sucesso, superando até mesmo os resultados alcançados em seu país de origem.

Hoje a campanha está presente também em diversos países como: Austrália, Canadá, Chipre, Colômbia, Grécia, Inglaterra, Irlanda, Islândia, Portugal e Japão.

A campanha contribuiu com as obras de ampliação do hospital do IBCC, fazendo com que seu complexo hospitalar , com sede em São Paulo, crescesse mais de 19 mil metros quadrados.

O valor arrecadado com a Campanha também subsidiou parte do tratamento de milhares de pessoas no IBCC.

Os produtos foram licenciados e a Hering foi a primeira grife de roupas a aderir à causa, que abraça há exatos 20 anos, revertendo parte do valor arrecadado com as vendas ao IBCC. Vários artistas e personalidades também contribuem para o sucesso da campanha, não cobrando cachês para posarem para campanhas publicitárias, a exemplo da top model, Gisele Bundchen.

Essa iniciativa estimulou o engajamento de outras empresas, nos mais diversos segmentos, ajudando também várias outras entidades e hospitais de referência que trabalham a prevenção e tratamento do  câncer de mama. Neste mês estarei apresentando produtos nos segmentos de moda , beleza e decoração em que parte das vendas serão destinadas às campanhas no Outubro Rosa. Fiquem ligados no blog e até o próximo post.

A top Gisele Bundchen foi uma das celebridades que não recebeu cachê para posar para as peças da campanha.
A top Gisele Bundchen foi uma das celebridades que não recebeu cachê para posar para as peças da campanha.