Quando a empolgação faz o ladrão

Olá, pessoal

Relutei até o último momento para escrever este post porque tinha esperanças que a empresa esclarecesse o que tinha ocorrido. Mas, como isso não aconteceu, resolvi tornar público o caso.

Em novembro do ano passado quis aproveitar uma promoção de black friday para comprar uma bolsinha de cupcake que tanto desejava. A oferta tentadora de preço amigo e frete grátis estava no perfil da empresa no Instagram ( @box.cases). Por direct acertei a compra, meu marido pagou antecipado à data de vencimento  o boleto, já que era um presente dele para mim e depois era só esperar a chegada da tão sonhada mercadoria. Tudo foi feito por meio da minha conta do Pag Seguro Uol. Só que no meio do caminho a empresa alegou que teve um problema no faturamento e me sugeriu que eu fizesse nova transação pelo Mercado Pago. É claro que não aceitei, mas também não queria ficar no prejuízo. Porém uma contradição nos nossos diálogos  me alertou que havia algo errado e me deixou bastante intrigada:  Como que a Box.Cases me ressarciria por meio da mesma empresa que estava lhe dando problemas? Eu a questionei sobre isso durante as nossas conversas e depois de vários pedidos de desculpas a empresa me garantiu que o o reembolso seria feito por meio da minha conta  do Pag Seguro. Tirei vários extratos e mandava sempre para comprovar  que a conta estava zerada. No final das contas a empresa prometeu que me enviaria a bolsa, o que não aconteceu. E o pior: esse perfil  agora é inexistente no Instagram.

img_1950
Foto extraída do perfil da @box.cases no Instagram

 

O valor da compra não foi alto. Desembolsamos R$ 26,90. Mas o que me chateou foi a falta de honestidade e respeito mesmo. Acredito que outras pessoas também foram lesadas. Como vocês sabem sou colecionadora de objetos com tema de cupcake, e a bolsinha tinha um valor sentimental para mim.

Antes que vocês me perguntem, não fui ao Procon porque não tenho nem o cnpj da empresa. Por outro lado também reconheço meu erro como consumidora, porque não deveria ter comprado de uma firma sem buscar referências anteriores. Esta foi a primeira vez que tive problemas com uma compra online. Mas o noticiário está aí para provar que isto acontece com certa frequência no Brasil. Eu prefiro sempre confiar nas pessoas, até que elas me traiam uma vez. Porque quando perco a  confiança, não consigo manter nenhum tipo de relação. Seja no campo pessoal ou profissional.  Neste caso minha empolgação fez o ladrão. Desse episódio restou uma lição que eu jamais pretendo esquecer. E vocês, já tiveram algum problema com compras feitas pela internet? Me contem para trocarmos experiências.

Beijos e até o próximo post.

Anúncios

Cupcaketattoolover

Hoje quero mostrar para vocês a tatuagem que fiz alguns dias atrás e contar algumas particularidades a respeito dela.

O trabalho foi realizado pela competente artista Juliana Cordeiro Dias na última edição do evento FEMINICES, em Jacareí.

Quem me conhece sabe que sou cupcakemaníaca. Além de fazer esses doces maravilhosos coleciono tudo, tudo mesmo, que seja relacionado ao tema. Além de comprar, ganho de familiares e amigos muitos presentes que contribuem para que minha coleção só aumente. Só vou parar quando não mais tiver espaço para guardar tudo em casa. Tomara que este dia demore para chegar!

Enfim, voltando a tatuagem, já estava pensando em fazer um cupcake estilizado na nuca com a inicial do meu nome e do meu marido, mas não era prioridade no momento. Como sou do tipo impulsiva aproveitei a itinerância do projeto, que teve como convidada a tatuadora e decidi em 5 minutos. Estou na minha quarta tattoo e a última fiz há mais de 10 anos. Sabe aquele friozinho de medo de injeção ou anestesia? Ele sempre vai existir. E uma dorzinha também, mas é suportável.

img_5982

 

Mostrei inspirações para a Ju e ela fez um desenho bem delicado e romântico, assim como eu desejava desde o início, o que seria  o símbolo da união com meu marido. Sim, temos a aliança, mas o cupcake faz parte de momentos que são  só nossos na cozinha. Vocês já vão entender o porquê. Revelo agora um segredo que guardava a 7 chaves : ele me ajuda nas criações. Não produzo os cupcakes em grande escala, mas vendo as guloseimas para os amigos. E se você um dia os provou provavelmente experimentou uma das deliciosas ganaches que meu marido faz com perfeição. Só espero que o Marcos não fique bravo depois desta minha doce confissão. A tatuagem foi uma surpresa, mas confesso a vocês que fiquei com medo dele me criticar.  No final deu tudo certo e ele ficou muito feliz com meu gesto !

 

img_3587

 

Eu gostei do resultado e super recomendo o trabalho da Juliana, que além de criativa, é cuidadosa, segue todas as normas de higiene e tem uma mão levinha. Nossas peles agradecem, né meninas?

Ela também atende em domicílio ( no caso de cadeirantes e pessoas com dificuldade de mobilidade).  Se quiserem conhecer o trabalho da Juliana, acessem o perfil dela no instagram, que é o @juliana_tatoo_sjc. O endereço do estúdio é Avenida Cidade Jardim, 3982- sala 05- Bosque dos Eucaliptos ( ao lado do supermercado Máximo). Fones: 12 98115-0013 ( wathsapp)/ 3929-6249.

E vocês, gostam de tatuagem? Já viveram alguma experiência positiva ou negativa? Têm dúvidas ?  Deixem seus comentários e vamos interagir. Bjs

Minhas mais novas manias de Cupcake

Vocês acreditam que sou uma cupcakemaníaca que às vezes reluta em usar ou expor um determinado produto com medo dele perder as características originais? Mas, às poucos estou mudando isso dentro de mim e tirando tudo das embalagens. Seria uma neura de colecionadora? rs. Enfim, garanto que minhas últimas aquisições terão utilidade em minha cozinha por muito tempo e além do mais, são tão fofas quanto um cupcake. Esta semana instalei meus adesivos azulejinhos da Dona Cereja na parede e não canso de olhar para eles. Já tive outros, mas o que mais atraiu é o fato de serem produzidos com um material lavável. Portanto, sujou, é só passar um paninho úmido que está tudo resolvido. Para quem ainda não conhece a marca vale a pena dar uma espiada no site, onde é possível comprar também os produtos (donacereja.com.br). Além da minha estampa favorita, piro também com os modelos vintage e retrô que as artistas comercializam. Agora o assunto é o  artesanato produzido pela Asasbelas, comandada pela Andreza Muniz. Ainda não nos conhecemos pessoalmente, mas espero que seja em breve. Conheci seu trabalho por meio da amiga em comum Giane Carvalho, do blog Baú Hype, que também é sua cliente e coleciona Matrioskas. Nos comunicamos por meio das redes sociais, e ela sempre muito prestativa, respondeu a todos os meus questionamentos. Porque, confesso, sou uma consumidora exigente, mas não por capricho, e sim para ter a certeza de que os utensílios que procuro vão atender às minhas necessidades. No caso, adquiri do ateliê Asasbelas uma luva que tivesse um forro grosso para retirar meus cups quentinhos do forno e um descanso para minha  panela  de brigadeiro e beijinho, que são os recheios preferidos dos clientes/ amigos que encomendam meus lindos e saborosos bolinhos. Além do quesito atendimento ter recebido nota 10 na minha avaliação, fui surpreendida com produtos super bem acabados, embalagens, etiquetas lindas, mimos, como um cartãozinho de agradecimento escrito à mão e ainda um brinde, que no caso foram 4 “bolachas” para copos com estampa de doces que são um luxo só. E se esta semana comemoramos o Dia do Cliente, me senti vip graças aos mimos da Asasbelas. Trabalho com Comunicação de Marcas e posso garantir a vocês que são ações desse tipo que fidelizam clientes e atraem novos. A Asasbelas tem uma lojinha no site Elo7 e está no facebook e instagram. A empresa Dona Cereja comercializa os produtos no site e também interage nas redes sociais. Bem, se você gostou deste post, siga meu blog, curta minhas redes sociais e compartilhe  com pessoas que você acha que se interessam pelo assunto. Uma ótima semana!

Adesivos Azulejinhos da Dona Cereja
Adesivos Azulejinhos da Dona Cereja
Descanso de panela e luva com forros seguros da Asasbelas.
Descanso de panela e luva com forros seguros da Asasbelas.
Portas-copos que recebi de brinde e cartãozinho manuscrito da Asasbelas. Como não se encantar com tanta gentileza?
Portas-copos que recebi de brinde e cartãozinho manuscrito da Asasbelas. Como não se encantar com tanta gentileza?

As relações de consumo devem mudar em época de crise

Em  tempos de crise no Brasil, com o desemprego a níveis altíssimos, perda de renda, alta dos juros e uma série de indicadores ruins  que só desanimam, programar  as compras de produtos e serviços evitando os excessos, é fundamental para o bem estar pessoal e familiar. Minha gente,  é hora de rever conceitos, reprogramar o orçamento e fundamentalmente manter as contas equilibradas até que um novo ciclo de prosperidade se inicie. Separei algumas dicas de economistas que podem fazer a diferença  no final do mês e ajudar os sofridos assalariados, categoria a qual me incluo. Comece evitando as compras efetuadas por impulso ou na emoção.

Dá para ser feliz economizando. Colar e brinco grafite da Morana que comprei com desconto de 50% em uma loja de shopping.
Dá para ser feliz economizando. Colar e brinco grafite da Morana que comprei com desconto de 50% em uma loja de shopping.
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Exemplo: Você vai ao shopping para um cinema, ao circular pelos corredores você vê na vitrine a blusa perfeita para compor com a calça adquirida na semana anterior, entra na loja usa seu cheque especial ou cartão de crédito e faz a compra. Ao chegar em casa, verifica no seu guarda-roupas que você tem uma blusa quase igual e que ninguém, a não ser você, poderia notar a diferença entre elas. Ou troca seu aparelho celular com três meses de uso pelo aparelho da mesma marca lançado esta semana pelo dobro do preço somente pelo simples fato de ser a última geração do modelo.Esses são exemplos de compras sem necessidade feitas por impulso que devem ser evitadas.

Dica: Antes adquirir qualquer bem de consumo, aguarde 24 horas. Se passado esse tempo você refletiu e ainda acredita que aquele item é mesmo imprescindível para sua vida aí sim pode valer a pena a aquisição, desde que é claro, você tenha recursos disponíveis para isso. Se for usar o limite do cheque especial ou o cartão de crédito “esqueça”.

-Tenha controle das despesas que não acrescentam nada na sua vida, mas pesam consideravelmente no orçamento como multas de trânsito, atraso na devolução ou no pagamento de itens alugados/financiados, o combustível gasto desnecessariamente, entre muitas outras formas de jogar dinheiro fora desnecessariamente.

– Cuidado também com aquelas despesas que não farão falta alguma se não existirem, como a contratação de banda “ultra larga” oferecida pela sua operadora e que não acrescentará nada ao seu uso cotidiano mas custará um bom dinheiro ou a compra por exemplo, de ração diferenciada, roupinha nova ou o mimo do seu Pet só para estar no mesmo nível do seu vizinho.

-Vá ao supermercado já alimentado. Isso evita as compras de itens considerados supérfluos que são colocados estrategicamente nos supermercados para atrair sua atenção e consequentemente seu dinheiro. Não leve criança para fazer as compras. Isso elevará muito a demanda e a conta no final.

-Dedique especial atenção aos serviços. Faça com que todos em casa ajudem a manter a ordem e a organização. Isso permite diminuir os gastos com faxineira, produtos de limpeza, eletricidade, etc. Adote o sistema americano do “faça você mesmo” e cuide do jardim, troque as lâmpadas, faça as pequenas pinturas e reparos da casa, cuide você mesmo da limpeza do carro.

-Organize os horários da casa, banho, almoço, jantar, lavar e passar a roupa. Assim o consumo de água e eletricidade será reduzido drasticamente.

– Mesmo com dificuldade, é imprescindível continuar investindo na educação e formação de seu curriculum bem como, no dos membros da família. Afinal de contas a crise não durará para sempre e vocês precisam estar preparados para quando surgirem as oportunidades.

– Se você não abre mão de ter uma vida cultural,  frequente museus, livrarias, espaços públicos e eventos gratuitos.

É claro que mudar hábitos de uma hora para outra não é fácil, mas o cenário econômico exige. Esses dias estava lendo uma reportagem que mencionava que a retirada do dinheiro da poupança é recorde, porque as pessoas estão utilizando o pouco dinheiro que possuem para pagar dívidas e sobreviver.

Eu me considero uma pessoa consumista, mas aos poucos tenho me conscientizado sobre a importância de valorizar cada centavo que recebo com o suor do meu trabalho, e bota suor nisso. Entre as medidas que estou tomando, ao invés de ir ao salão de beleza estou me aventurando a pintar o cabelo e fazer as unhas em casa. É claro que o resultado final não fica igual a de um profissional qualificado, mas vou me virando até esse “tsunami” passar. Espero que seja logo! Também estou preferindo fazer compras à vista e fico garimpando promoções na internet e lojas físicas também. Portanto, dá para ser vaidosa e andar bem arrumada mesmo em tempos de crise. Eu ainda estou engatinhando na prática do economizar, mas vou conseguir e estou treinando bastante para isso.

Se você gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos. Eu ficarei muito grata e estarei cumprindo o meu propósito, que é multiplicar informações do bem para gente do bem. Até o próximo post!