Cabelos também podem ser protegidos de forma natural no outono e inverno

 

cabelo lavando

Olá, meninas. Tudo bem?

É fato que nós amamos testar novos produtos para cabelos disponíveis no mercado, mas de vez em quando é bom dar uma pausa e recorrer aos nutrientes que são oferecidos por produtos 100% naturais.

O outono e inverno são  as estações mais secas do ano, por isso hidratar os fios é indispensável. Cada vez mais os procedimentos como alisamentos, chapinha, baby liss, coloração e luzes ganham os corações de homens e mulheres e acabam afetando os fios, deixando-os, muitas vezes, ressecados e quebradiços.

Pensando nisso, o cabeleireiro e químico Marcos Dal Bello, também conhecido como ‘Dr. Cabelo’, criador da técnica de alisamento  feita com tutano de boi, criou uma lista com hidratações que podem  ser feitas em todos os tipos de cabelo e ajudam a fortificar e reparar os fios dos danos do dia a dia.

De acordo com Dal Bello, ir ao salão tratar as madeixas é fundamental, mas ter um cuidado diário faz toda a diferença na hora de ter aquelas cobiçadas madeixas de modelos.

Ainda de acordo com o especialista, é importante que as pessoas comecem a se interessar pelo uso de produtos naturais, pois muitas químicas podem afetar até mesmo a saúde.

Entre as máscaras selecionadas por Dal Bello, destacam-se as que utilizam frutas, como o mamão e o abacate e o leite de vaca integral, alimentos usados no cardápio do dia a dia.

Abacate e cabelo

Ele complementa: “As frutas têm propriedades super importantes que conseguem restaurar os cabelos. Já o leite, pela quantidade de cálcio, consegue fortificar e deixar os cabelos mais bonitos ainda.”

Receitas para fazer em casa:

– Hidratação do Leite: Utilizando uma bola de algodão, aplique leite (sem ferver) em toda a extensão do cabelo, inclusive na raiz. Deixe agir por uma hora e lave o cabelo como de costume. O leite tem propriedades ricas em cálcio, por isso é comum encontrá-lo em xampus, condicionadores e máscaras. Para cabelos cacheados ou ondulados, com a hidratação do leite os fios poderão tomar forma lisa, por isso recomenda-se o uso desta hidratação a cada dia 15 dias;

– Hidratação com óleo de coco: aplique o óleo de coco em toda a extensão do cabelo, inclusive na raiz e no couro cabeludo, e massageie bem. Deixe agir durante a noite e enxague pela manhã. Importante depois do processo secar o cabelo com secador, evitando que a raiz fique úmida.

oleo côco

– Hidratação com banana: misture uma banana madura amassada, uma colher de óleo de amêndoas e duas colheres de mel até ficar homogêneo. Aplique a mistura em toda a extensão do cabelo e deixe agir por 30 minutos. Enxague bem com água morna. Após a aplicação da hidratação recomenda-se secar com o secador e pode-se escovar os cabelos após o processo. Para as pontas, recomenda-se óleo de argan após a escova.

– Hidratação com leite em pó: acrescente água a 1/4 de leite em pó até formar uma pasta homogênea. Aplique a mistura em todo o cabelo, massageando. Envolva a cabeça com uma toalha aquecida e deixe agir por alguns minutos. Enxague e finalize lavando com xampu.

– Hidratação com maionese e abacate: amasse um abacate maduro e misture bem com uma xícara de maionese. Aplique a mistura nos fios, da raiz às pontas. Deixe agir por 20 minutos e lave os cabelos com xampu sem sal. Atente-se ao nível de PH no rótulo do xampu na hora da compra.

Agora eu quero saber  se vocês costumam tratar os cabelos com produtos naturais. Me contem aqui os resultados e compartilhem com as leitoras suas receitinhas. Beijos e até o próximo post.

Anúncios

Vem aí a temporada das adegas

Olá, pessoal

Hoje o assunto interessa aos apreciadores de vinhos. Com a proximidade do inverno aumenta a procura por adegas. Além de dar um toque maravilhoso na decoração de ambientes, o  ítem é responsável pela conservação e temperatura ideal desta bebida dos deuses.

Ainda não temos uma adega no apê por falta de espaço, porque tanto eu como meu marido somos apaixonados por vinhos. Mas posso garantir para vocês que em breve teremos uma lindona para chamar de nossa.

Para inspirar vocês fiz uma seleção de produtos que encontrei em minhas andanças e também lançamentos de uma marca. É claro que o modelo tem que seguir o estilo da sua casa, né?

Começo mostrando  peças mais acessíveis feitas com caixotes de madeira que custam entre R$ 250,00 e R$300,00. As adegas são produzidas  por  Mestiço e Nina e podem  ser encontradas na feira de artesanato que ocorre todos os domingos no Jardim Aquarius, em São José dos Campos. 20170515_163802

Eu particularmente amo modelos mais tradicionais  e também gosto da praticidade das rodinhas, o que permite mudar facilmente o móvel de um lugar para outro.

20170515_163918

Já  este segundo projeto mais ambicioso creio que foi  pensado por um arquiteto. A adega fazia parte da decoração de uma loja de móveis e decoração localizada na rua coberta, em Gramado, no Rio Grande do Sul. Não sei se o ambiente ainda está projetado desta forma porque estive lá no ano passado, mas adorei a ideia de um espaço com formas geométricas variadas.

007

 

Por fim mostro a vocês 2 lançamentos de adegas Gourmet da Cadence que são a cara da modernidade: a ADE180 e a ADE081. Ambas contam com o sistema de resfriamento Peltier, que possui baixo consumo de energia e ausência de barulho ou vibração.

709912eb-1400-4565-a26d-0bbd7f97c853
Preço sugerido: R$ 699,90

Também são compostas de prateleiras reclináveis que permitem armazenar as garrafas inclinadas, possibilitando que o líquido tenha maior contato com a cortiça da rolha, e garantindo assim a integridade do vinho.

ADE180_01
Preço sugerido: R$1299,90

Com display touch control sensível ao toque e sistema eletrônico de seleção da temperatura ideal (eletronic control), as adegas permitem a escolha exata da temperatura, tornando-as ainda mais precisas. Sua porta de vidro duplo temperado preserva ainda mais a temperatura interna da adega, conservando os vinhos sem nenhum tipo de influência externa.

E aí, qual modelo vocês preferem? Comprariam uma adega ou já têm em casa? Compartilhem comigo suas experiências. Se quiserem podem enviar fotos no email: encantadocupcake@gmail.com. Terei prazer em publicá-las em minhas redes sociais.

Para quem tiver interesse estou deixando o contato de Mestiço e Nina, que fazem as adegas de caixotes em madeira: 12 98174-3200

Beijos e até o próximo post!

 

Resenha sobre 6 produtos para corrigir imperfeições das sobrancelhas

Olá, encantadas

Vocês estão satisfeitas com suas sobrancelhas? Pois eu não, e insisto em corrigí-las com produtos específicos para esse fim.

Nada contra as técnicas realizadas por profissionais especializados, como a de henna ou micropigmentação, mas por enquanto tenho muito medo de aderir e não gostar do resultado. Talvez um dia mude de ideia, mas até lá vou testando as novidades em make do mercado.

Testei  6 produtos de marcas nacionais diferentes para compartilhar minhas impressões com vocês. Também deixo claro que não estou fazendo publi de nenhuma. Todos foram comprados com meu suado dinheirinho.

Antes quero relatar para vocês as características das minhas sobrancelhas, pois creio que isso possa influenciar as escolhas de vocês. Pêlos não me faltam, mas quando era mais nova tirei alguns de onde não devia e os vazios me “doem” até hoje. Portanto, não façam isso, meninas!

Na foto a seguir vocês podem observar que do lado esquerdo  as sobrancelhas já foram consertadas e o do direito não. As falhas são perceptíveis.

20170511_113644

 

Agora  vejam a  diferença no visual com as duas trabalhadas no lápis #1 da Yes Cosmetics. 20170511_113526

 

Já que mostrei o resultado final obtido com o produto da Yes vamos a ele primeiro. O primeiro ponto favorável é a escovinha que vem acoplada ao lápis para a gente pentear os fios. O segundo é que tem duas tonalidades para atender os variados tons de pele. Eu particularmente não gosto dos universais.

Será que sou a única que gosta de variar nos produtos destinados ao mesmo fim? Sou assim para tudo: make, cremes para o rosto e hidratantes para o corpo. Quem mais se identificou com essa minha loucura? rs

Ainda falando sobre os corretores em formato de lápis, o primeiro que experimentei foi o da Anaconda. Gostei da pigmentação e durabilidade, porém tem que passar suavemente senão fica muito marcado. Pelo menos no meu caso, que tenho as sobrancelhas puxadas para o castanho.

Agora uma dica valiosa: quando preencho os vazios com lápis costumo passar um gel para sobrancelha incolor com pincel de  cerdas semelhantes ao do rímel  antes e depois do procedimento para deixar os fios mais rebeldes no lugar.  No momento estou utilizando o da Quem Disse Berenice, que é ótimo.

Não gostei da caneta da Vult, pois sou canhota e tive que fazer malabarismo com as mãos durante as  tentativas de passar o produto, que tem  uma espécie de tinta e não adere fácil a pele. Só consegui depois de muito custo  com a ponta deitada. Como praticidade é tudo nessa vida, o produto está encostado.  Me adaptei ao duo de sombras para sobrancelhas da mesma marca, que não tem nada de extraordinário, mas o preço é bacana.

Agora, por enquanto o meu preferido da vida tem sido o quarteto da Dailus, que vem com fixador para preparar os pêlos,  2 tons de sombras também para atender a diversidade da mulher brasileira e um iluminador para usar rente as sobrancelhas. Este produto faz toda a diferença no olhar de uma pessoa que tem olhos pequenos.

20170511_105654.jpg

 

Além de acertar as sobrancelhas com os produtinhos, a cada 3 ou 4 meses faço o design. No dia a dia tiro os  fios que  ultrapassam a marcação com pinça, porque eles crescem, né mores?

Se vocês conhecem outros produtos diferentes  dos que  mostrei no post bons e com preços acessíveis  para deixar nossas sobrancelhas maravilhosas me indiquem que terei o prazer de testar.

 

Um beijo, fiquem com Deus e até o próximo post.

 

 

 

 

 

 

Dispositivos móveis podem comprometer a beleza do seu pescoço

Olá, pessoal.

Hoje o assunto é beleza, portanto interessa tanto as mulheres quanto aos homens.

Antigamente se dizia que uma das formas de imaginar a idade de uma pessoa era  olhando para o pescoço dela. Só que os tempos são outros, e com certeza depois deste post vocês vão mudar de opinião.

previna-o-envelhecimento-do-pescoco-14-1322

Já parou para pensar quanto tempo do dia você passa olhando para o celular? Pois saiba que o uso de dispositivos móveis está acelerando o processo de envelhecimento em uma região difícil de tratar: o pescoço. A imprensa especializada americana até apelidou o problema como ruga “Tech Neck”.

O ato de inclinar frequentemente a cabeça para baixo a fim de olhar o celular ou outro dispositivo móvel acelera os sinais de envelhecimento em uma área que possui pele delicada.

A pele do pescoço é muito fina, praticamente sem glândulas sebáceas, com espessura próxima a dois milímetros, pouco hidratada e onde há grande movimentação natural pela própria dinâmica da região.

De acordo com a Dra. Claudia Marçal, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, os movimentos musculares do pescoço realizados a todo o instante sejam voluntários como a laterização, extensão, inclinação para baixo ou mesmo na mastigação e fala produzem inicialmente pequenas linhas, que com o passar do tempo vão se acentuando. “Elas adquirem o status de rugas e sulcos bastante marcados como verdadeiros colares cervicais horizontais”, explica a especialista.

O termo tem se tornado uma das novas preocupações em skincare, pois o constante dobramento da pele em movimentos repetitivos, característico da era das selfies, tem aumentado a procura por tratamentos preventivos e corretivos das rugas e linhas do pescoço.

Acontece que a área é quase sempre esquecida, mesmo para quem tem o hábito de cuidar do rosto.

A dermatologista acrescenta que a própria característica local somada às agressões ambientais como água quente, frio, poluição, ar condicionado, sol, vento e o uso de perfumes contendo álcool e bijuterias podem provocar ainda mais ressecamento, vermelhidão e mudança da textura da região.

Prevenção

images (2)

A boa notícia é que podemos prevenir o envelhecimento precoce da pele. Então, seguem as dicas da Dra Claudia Marçal:

-Quando mexer nos dispositivos, manter a cabeça em um ângulo de 0 grau e a postura alinhada. O celular deve ser erguido na direção dos olhos;

-Com relação aos cuidados diários, a médica indica sabonetes neutros ou loções de limpeza à base de ativos calmantes;

-As loções tônicas vêm na sequência e vão preparar a pele para receber o sérum tensor que pode conter Hyaxel ácido hialurônico de baixo peso molecular, antioxidantes, vitaminas e glicosaminoglicanas, além de substâncias que recuperem a volumetria da região como Adipofill e Sculptessence”;

-O protetor solar deve ter FPS 30 no mínimo e ser reaplicado após 4horas no dia a dia;

-À noite, após a higienização, o pescoço pode receber água termal em jatos e após alguns minutos, usar vitamina C na forma de sérum, emulsão ou espuma associada a outras vitaminas como B5, E, F e alfa hidroxiácidos, alternando com nutritivos.

Espero que as orientações tenham sido válidas, porque ninguém merece envelhecer antes do tempo né, gente? Beijos e cuidado com o celular!