Resenha sobre 6 produtos para corrigir imperfeições das sobrancelhas

Olá, encantadas

Vocês estão satisfeitas com suas sobrancelhas? Pois eu não, e insisto em corrigí-las com produtos específicos para esse fim.

Nada contra as técnicas realizadas por profissionais especializados, como a de henna ou micropigmentação, mas por enquanto tenho muito medo de aderir e não gostar do resultado. Talvez um dia mude de ideia, mas até lá vou testando as novidades em make do mercado.

Testei  6 produtos de marcas nacionais diferentes para compartilhar minhas impressões com vocês. Também deixo claro que não estou fazendo publi de nenhuma. Todos foram comprados com meu suado dinheirinho.

Antes quero relatar para vocês as características das minhas sobrancelhas, pois creio que isso possa influenciar as escolhas de vocês. Pêlos não me faltam, mas quando era mais nova tirei alguns de onde não devia e os vazios me “doem” até hoje. Portanto, não façam isso, meninas!

Na foto a seguir vocês podem observar que do lado esquerdo  as sobrancelhas já foram consertadas e o do direito não. As falhas são perceptíveis.

20170511_113644

 

Agora  vejam a  diferença no visual com as duas trabalhadas no lápis #1 da Yes Cosmetics. 20170511_113526

 

Já que mostrei o resultado final obtido com o produto da Yes vamos a ele primeiro. O primeiro ponto favorável é a escovinha que vem acoplada ao lápis para a gente pentear os fios. O segundo é que tem duas tonalidades para atender os variados tons de pele. Eu particularmente não gosto dos universais.

Será que sou a única que gosta de variar nos produtos destinados ao mesmo fim? Sou assim para tudo: make, cremes para o rosto e hidratantes para o corpo. Quem mais se identificou com essa minha loucura? rs

Ainda falando sobre os corretores em formato de lápis, o primeiro que experimentei foi o da Anaconda. Gostei da pigmentação e durabilidade, porém tem que passar suavemente senão fica muito marcado. Pelo menos no meu caso, que tenho as sobrancelhas puxadas para o castanho.

Agora uma dica valiosa: quando preencho os vazios com lápis costumo passar um gel para sobrancelha incolor com pincel de  cerdas semelhantes ao do rímel  antes e depois do procedimento para deixar os fios mais rebeldes no lugar.  No momento estou utilizando o da Quem Disse Berenice, que é ótimo.

Não gostei da caneta da Vult, pois sou canhota e tive que fazer malabarismo com as mãos durante as  tentativas de passar o produto, que tem  uma espécie de tinta e não adere fácil a pele. Só consegui depois de muito custo  com a ponta deitada. Como praticidade é tudo nessa vida, o produto está encostado.  Me adaptei ao duo de sombras para sobrancelhas da mesma marca, que não tem nada de extraordinário, mas o preço é bacana.

Agora, por enquanto o meu preferido da vida tem sido o quarteto da Dailus, que vem com fixador para preparar os pêlos,  2 tons de sombras também para atender a diversidade da mulher brasileira e um iluminador para usar rente as sobrancelhas. Este produto faz toda a diferença no olhar de uma pessoa que tem olhos pequenos.

20170511_105654.jpg

 

Além de acertar as sobrancelhas com os produtinhos, a cada 3 ou 4 meses faço o design. No dia a dia tiro os  fios que  ultrapassam a marcação com pinça, porque eles crescem, né mores?

Se vocês conhecem outros produtos diferentes  dos que  mostrei no post bons e com preços acessíveis  para deixar nossas sobrancelhas maravilhosas me indiquem que terei o prazer de testar.

 

Um beijo, fiquem com Deus e até o próximo post.

 

 

 

 

 

 

Desafio das Blogueiras

imageOlá, meninas. No dia 21 de novembro participei do Desafio das Blogueiras em São José dos Campos. O evento foi promovido pela Danny Cosméticos e a marca Anaconda. Confesso que a princípio, o propósito do evento me assustou, porque não curto competições e muito menos sou expert no assunto. Ainda mais sabendo anteriormente que havia maquiadoras profissionais no grupo. Aos poucos fui me tranquilizando e decidi aceitar o convite. Fomos recepcionadas com um delicioso café da manhã,  e esses maravilhosos pãezinhos de mel decorados que vocês podem ver abaixo. Depois de me integrar com algumas meninas, fui relaxando e  percebi que havia mais gente na mesma situação. Eu uso maquiagem, mas sou do tipo mais básica e atualmente  venho tentando encontrar produtos que se adequem ao meu tipo de pele, um pouco alérgica e que ainda sofre as consequências da acne. Antes do desafio começar, a gerente da Anaconda, Kelly Macedo, nos explicou um pouco do escopo do trabalho desenvolvido pela marca de cosméticos, que já tem 67 anos. Trabalhando com o conceito”Inovação sem abrir mão da tradição”, a indústria é mais conhecida pelas consumidoras maduras, então um dos objetivos dessas ações com as blogueiras é multiplicar  informações para as gerações mais novas que ainda não conhecem os produtos. Eu, particularmente, já vi alguns comerciais em revistas, mas pela primeira vez testei os produtos e gostei bastante. No final das contas, desafio para mim  foi testar produtos que nunca tinha usado, como um lápis sombra iluminador e truques para aumentar os olhos. Mas o mais bacana mesmo foi conhecer novas blogueiras e trocar experiências sobre o dia a dia de cada uma de nós. Tenho a certeza que saí do encontro com novas amizades, que pretendo preservar.  Gente, eu amei o batom líquido lilás com efeito matte que usei em minha make. Acho que esta cor valoriza bastante mulheres brancas com olhos claros. No final  do encontro saí da loja com 5 produtos comprados, sendo que 2 deles usei na automaquiagem e fiquei muito satisfeita com os resultados. Quando cheguei em casa só fiquei chateada com o fato de ter  levado uma sombra cremosa, ao invés de uma em creme, que era meu atual objeto de desejo. Acho que a vendedora se enganou, mas tudo bem.  Como a cor é pérola, acho que vou usar muito. Conforme for testando os cosméticos vou postando resenhas e também tecerei comentários nos vídeos. Gente, também estou com um canal no Youtube e convido vocês a conhecê-lo. Um grande beijo!imageimageimageimageimage