Dispositivos móveis podem comprometer a beleza do seu pescoço

Olá, pessoal.

Hoje o assunto é beleza, portanto interessa tanto as mulheres quanto aos homens.

Antigamente se dizia que uma das formas de imaginar a idade de uma pessoa era  olhando para o pescoço dela. Só que os tempos são outros, e com certeza depois deste post vocês vão mudar de opinião.

previna-o-envelhecimento-do-pescoco-14-1322

Já parou para pensar quanto tempo do dia você passa olhando para o celular? Pois saiba que o uso de dispositivos móveis está acelerando o processo de envelhecimento em uma região difícil de tratar: o pescoço. A imprensa especializada americana até apelidou o problema como ruga “Tech Neck”.

O ato de inclinar frequentemente a cabeça para baixo a fim de olhar o celular ou outro dispositivo móvel acelera os sinais de envelhecimento em uma área que possui pele delicada.

A pele do pescoço é muito fina, praticamente sem glândulas sebáceas, com espessura próxima a dois milímetros, pouco hidratada e onde há grande movimentação natural pela própria dinâmica da região.

De acordo com a Dra. Claudia Marçal, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, os movimentos musculares do pescoço realizados a todo o instante sejam voluntários como a laterização, extensão, inclinação para baixo ou mesmo na mastigação e fala produzem inicialmente pequenas linhas, que com o passar do tempo vão se acentuando. “Elas adquirem o status de rugas e sulcos bastante marcados como verdadeiros colares cervicais horizontais”, explica a especialista.

O termo tem se tornado uma das novas preocupações em skincare, pois o constante dobramento da pele em movimentos repetitivos, característico da era das selfies, tem aumentado a procura por tratamentos preventivos e corretivos das rugas e linhas do pescoço.

Acontece que a área é quase sempre esquecida, mesmo para quem tem o hábito de cuidar do rosto.

A dermatologista acrescenta que a própria característica local somada às agressões ambientais como água quente, frio, poluição, ar condicionado, sol, vento e o uso de perfumes contendo álcool e bijuterias podem provocar ainda mais ressecamento, vermelhidão e mudança da textura da região.

Prevenção

images (2)

A boa notícia é que podemos prevenir o envelhecimento precoce da pele. Então, seguem as dicas da Dra Claudia Marçal:

-Quando mexer nos dispositivos, manter a cabeça em um ângulo de 0 grau e a postura alinhada. O celular deve ser erguido na direção dos olhos;

-Com relação aos cuidados diários, a médica indica sabonetes neutros ou loções de limpeza à base de ativos calmantes;

-As loções tônicas vêm na sequência e vão preparar a pele para receber o sérum tensor que pode conter Hyaxel ácido hialurônico de baixo peso molecular, antioxidantes, vitaminas e glicosaminoglicanas, além de substâncias que recuperem a volumetria da região como Adipofill e Sculptessence”;

-O protetor solar deve ter FPS 30 no mínimo e ser reaplicado após 4horas no dia a dia;

-À noite, após a higienização, o pescoço pode receber água termal em jatos e após alguns minutos, usar vitamina C na forma de sérum, emulsão ou espuma associada a outras vitaminas como B5, E, F e alfa hidroxiácidos, alternando com nutritivos.

Espero que as orientações tenham sido válidas, porque ninguém merece envelhecer antes do tempo né, gente? Beijos e cuidado com o celular!

Anúncios

Manteiga de Bacuri favorece a nutrição, energização e bem-estar das peles maduras

Tudo bem, povo maravilindo ?

Hoje o assunto é  envelhecimento da pele. E todos nós passaremos por isso.Com o passar dos anos, a energia celular é reduzida de maneira significativa, e consequentemente, não consegue mais manter o metabolismo necessário para prevenir o aparecimento de rugas, manchas e ressecamento.

make-madura-2-jane-fonda.jpg
A linda Jane Fonda

Mas calma, porque isso não é motivo para desespero. Várias pesquisas e tecnologias de ponta estão sendo desenvolvidas, e com certeza novos produtos entrarão no mercado para atender a essa demanda.

Para garantir a saúde da pele madura, a Beraca, uma das principais fornecedoras de ingredientes naturais e orgânicos provenientes da biodiversidade brasileira para as indústrias de cosméticos, produtos farmacêuticos e cuidados pessoais, desenvolveu a Manteiga de Bacuri, um ingrediente capaz de recarregar a energia das células, nutrir e promover o bem-estar da pele.

Bacuri2_.jpg

A manteiga extraída das sementes do fruto típico da região amazônica é rica em sais minerais, como magnésio, zinco e cálcio ;  possui as vitaminas D2, E e K, além de possuir o aminoácido triptofano, que, na presença de luz, é responsável por produzir a serotonina, neurotransmissor associado à sensação de bem-estar.

De acordo com a empresa, a Manteiga de Bacuri leva a energia da natureza para a pele, pois diferentemente dos produtos sintéticos anti-idade, que focam apenas na redução de rugas e de linhas de expressão, atua diretamente no metabolismo celular.

O ingrediente possui propriedades capazes de influenciar fatores estruturais, como a função da barreira cutânea, que minimiza a perda de água, e a hidratação profunda, o que garante uma pele com um aspecto mais saudável, com mais energia e nutrição.

Com o envelhecimento natural do organismo, a tendência é que a energia celular diminua e, consequentemente, as células não consigam mais manter os mecanismos de proteção e reparação adequados para minimizar os efeitos provocados por ações externas, como poluição, radiação, vento e estresse físico.

bacuri-aberto

Para comprovar o poder de nutrição da matéria-prima, a Beraca realizou testes in vitro com cultura de células da pele, e avaliou a produção de energia celular.  Nas avaliações,  notou-se um aumento de, em média, 40% da energia celular. Além disso, foram realizados testes clínicos com mulheres de mais 45 anos, com a Manteiga de Bacuri em concentrações de 2% e 4%, ao longo de 15 dias. A análise comprovou que, em média, houve uma melhora na integridade da barreira cutânea de 30%, uma redução da taxa da perda de água da pele para o meio externo em 8% e o aumento da hidratação profunda em 15%.

Muito mais do que proporcionar benefícios às peles maduras, a Manteiga de Bacuri da Beraca também tem uma função importante no desenvolvimento social e econômico da região amazônica.  O ingrediente é obtido por meio de um trabalho realizado em parceria com comunidades que comercializavam apenas a polpa do fruto para a produção de alimentos, como doces, sorvetes e sucos, e descartavam as sementes. Após identificar a eficiência das sementes em aplicações cosméticas, a Beraca transformou o que era considerado lixo em uma fonte de renda extra.

Vamos torcer para essa matéria-prima do bem se transformar em uma grande variedade de cosméticos acessíveis à população em geral para testarmos e comprovarmos os resultados, né gente?

Beijos e nos encontramos no próximo post.