Passeios em Atibaia

Olá pessoal. Tudo bem? Adoro compartilhar com vocês as cidades que têm atrações bacanas e  que acabo conhecendo. Às vezes elas estão mais próximas do que a gente imagina. É o caso de Atibaia, que fica a uma hora de viagem daqui ( São José dos Campos-SP). Passamos um final de semana na cidade e posso dizer que desestressei.

O primeiro lugar que conhecemos de dia foi a Pedra Grande, Monumento Estadual Natural, que é o ponto turístico mais visitado da cidade. Com 1450 metros de altitude e uma superfície de 200 mil metros quadrados, é o ponto mais alto do município. Por isso se pratica lá vôos de asa delta e outros esportes radicais. Como depende do vento, no dia que fomos infelizmente não havia atletas. O caminho para se chegar ao topo é de terra, e pessoas medrosas como esta que vos fala sofrem um bocado, pois o veículo patina bem. Mas, se a pessoa não quiser pagar o preço de judiar do seu carro, existem agências de Turismo que levam para este passeio, porém o preço não é convidativo. Mas quando se chega na pedra a recompensa é grande: uma vista incrível que dá impressão de estarmos literalmente no céu.

A volta é tranquila e recomendamos o restaurante Parada Obrigatória Recanto das Pedras. Pedimos um filé mignon à cubana que estava delicioso. O prato é a la carte, mas serve bem até 4 pessoas, tanto é que comemos e ainda sobrou bastante.

O segundo ponto turístico que conhecemos foi o Parque Edmundo Zanoni, que tem pedalinho, o salão do artesão, museu de História Natural, além de playground. O local sedia a famosa Festa de Flores e Morangos, que este ano vai ser no período de 1 a 24 de setembro.

 

À noite, até o dia 30 deste mês, ocorre no centro de Atibaia o Festival de Inverno, com apresentações de música , literatura, teatro, fotografia, artes plásticas e dança. Como estávamos muito cansados não esperamos o show, apenas conhecemos a Igreja Matriz, que é muito bonita. O município conta com uma colônia japonesa, que produz flores, morangos e também verduras por meio da técnica da hidroponia, que é bem mais saudável.

img_1988

Nós ficamos hospedados na Pousada das Estrelas, que têm funcionários muito educados, prestativos e diárias acessíveis. E olha que eu pesquisei preços em pelo menos 5 hotéis e pousadas.

Da próxima vez que estivermos lá pretendemos conhecer outros lugares, como uma vinícola, cerâmica, a produção de tapetes arraiolo, entre outros. Tem ainda  o Santuário de Schoenstatt e capelas que se encontram em fazendas centenárias.  Um final de semana é pouco para se deslocar até todos estes lugares, mas creio que 4 dias são suficientes.

Bom gente, espero que vocês tenham gostado da minha dica de Turismo. Agora quero saber se vocês já estiveram na cidade ou se gostariam de conhecê-la.

Tenham uma  bela semana com estas lindas paisagens de Atibaia.

Beijos e até  o próximo post!

 

 

 

 

Anúncios

Um caminho diferente te leva a Campos do Jordão

Olá, pessoal

O frio que anda fazendo esta semana me lembrou que eu estava devendo um post que deveria ser escrito até o fim do inverno.

Se você estiver em São José dos Campos e deseja ir para Campos do Jordão existe uma estrada muito agradável que te leva a este destino, com direito a belas paisagens e ainda a oportunidade de conhecer a simpática Monteiro Lobato, cidade onde o escritor passou uma parte de sua vida. Estou falando da SP 50. Repare na beleza deste túnel de árvores. Dá uma sensação de calmaria!

 

FullSizeRender (3)

 

Talvez para muita gente que mora no Vale do Paraíba não exista novidade no que estou contando, mas como tenho leitoras (es) de outros estados que adoram conhecer lugares diferentes, acho que a dica é válida.

Do centro de  São José dos Campos até  Monteiro Lobato são cerca de 40 a 50 minutos. A pequena cidade é muito graciosa e tem várias lojinhas  de artesanato. A   maioria vende bonecos de pano fofos que retratam os personagens do Monteiro Lobato. Estes encontramos na  Casa Encantada. Os amantes da literatura e as crianças piram!

 

IMG_4415IMG_4414

Seguindo nossa viagem, mais uma hora de estrada e chegamos a linda Campos do Jordão, que dispensa apresentações. Como foi um passeio em família de um dia, nos programamos  para conhecer o tão esperado Parque Amantikir, que reproduz jardins de várias partes do mundo. Pagamos R$ 30, 00 pelo ingresso, mas valeu muito a pena. O lugar rende clicks maravilhosos. Olha a vista que se tem da Serra da Mantiqueira!

IMG_2200

img_1785

img_1786
Depois de uma pausa para o almoço na charmosa Capivari, enquanto meu marido e minha enteada se aventuravam em um passeio de teleférico, fui visitar as malharias e comprar umas roupas.  No final do dia paramos para comer o tradicional “Pastelão do Maluf”. O nome do estabelecimento não me agrada, mas, fazer o que né?  Ele é tão grande que não consegui comer inteiro.

img_1787

Bom, espero que tenha gostado do meu roteiro turístico e continue passando por caminhos diferentes, mesmo que eles te levem  a lugares que você já conhece.

Beijos encantados e um ótimo final de semana!