Especial Gramado- Comprinhas

Olá gente do bem!

Chegamos ao 4º e último post da série especial sobre Gramado com um tema que amamos.As comprinhas foram feitas sim, mas com responsabilidade. Como eu já tinha exagerado antes, adquirindo coisas para a infra-estrutura da viagem, sobrou para meu maridão. Solidário ao extremo, só comprou uma touca para ele. O resto foi tudo presente para mim.Como este mês comemoramos o Dia dos Namorados, meu niver e 1 ano de casados, vou ter que abrir mão de alguns luxos. Mesmo porque saí de férias e não rola salário em junho.

Bom, mas vamos aos  mimos:

A touca em que apareço na foto foi comprada  mais por necessidade, pois nos  primeiros dias a temperatura chegou a 3 graus e não fui preparada para enfrentar tanto frio. Ela é de lã com um barrado de pêlo sintético. Um charme! Eu sou suspeita para falar, pois no inverno abuso das toucas, chapéus e boinas. Agora estou de olho em um floppy. Quem sabe alguém me dá de presente no dia 27 de junho, né? rs017.JPG

 

Da esquerda para a direita:

IMG_1672

Bota de couro  estilo montaria  do Território do Sapato, outlet que trabalha com marcas de ótima qualidade. Encontrei referências na internet antes da viagem e quis pagar para ver. Achei justo R$ 140,00 reais. Fica na Avenida das Hortênsias, em Gramado.

Na loja  de varejo da Tramontina , em Carlos Barbosa, adquiri apenas um batedor manual de aço inox da linha pela qual sou apaixonada e um dia terei todos os produtos ( La Pasticceria) só  porque todos os utensílios  tem estampa de cupcake.

Agora um produto que é puro glamour: um hidratante  da marca Essência de Fiori que tem na composição espumantes premium. Sabe aquela sensação de frescor e cheiro de quem acabou de sair do banho? É bem suave  e não briga com o perfume. A empresa que fabrica é de Bento Gonçalves, mas comprei em uma loja de presentes que fica dentro do parque temático Epopeia Italiana.

Ainda falando de cosméticos, na loja da Fragram, que já mencionei no segundo post deste especial, comprei um perfume sólido que é perfeito para levar na bolsa. A fragrância lembra muito o Chanel Nº 5. È uma lembrança muito fofa para dar aos amigos e parentes, pois a caixinha apresenta imagens dos principais pontos turísticos da região das Serras Gaúchas.Presenteei meu marido com  um Kit Car, que é  um odorizador de ambiente.

Ambas as marcas citadas também produzem cosméticos a base de uvas, que são frutas típicas da região.

Por fim escolhi este colete mara também de pêlo sintético que custou R$ 100,00 e foi o mais barato que encontrei. A blusinha de linha encontrei em uma promo . No geral, achei que os preços de Gramado não se diferenciam muito das lojas de departamentos do estado de São Paulo. Fui na esperança de encontrar peças em lã bem mais em conta, mas me decepcionei neste quesito.

Bem, pessoal, a série acabou e eu gostaria de saber a opinião de vocês. Gostaram? Ela foi válida? Comentem aqui que vou ficar feliz.

 

 

Anúncios

Especial Gramado- Gastronomia

IMG_3608.JPGOlá encantados

Este é penúltimo post da série especial sobre as Serras Gaúchas e já aviso que vou mostrar coisas  engordativas que  podem não fazer tão bem a saúde, mas enchem de satisfação o nosso íntimo. Se o frio já costuma dar fome, imagina o que é estar em um lugar onde tudo te remete a comilança, já  que as propagandas estão em todas as partes.

O Rio Grande do Sul possui uma Gastronomia  bastante diversificada, e nas Serras Gaúchas isso  não é diferente. E eu sou do tipo que quando viaja faz questão de provar os  pratos típicos daquele determinada região. Desta vez só  ficou faltando uma Galeteria, mas prometo incluir no meu próximo roteiro.

No primeiro dia fomos conhecer a fábrica e uma das lojas da Chocolates Prawer, que é pioneira no Brasil  em produzir essas maravilhas  de forma artesanal. Um monitor explica todo o processo, com direito a degustação de algumas variedades.

 

 

IMG_3600.JPG

061.JPG

Eu amei o chocolate quente, que é super cremoso, e pirei com um “queijo de chocolate”, que tem como ingredientes chocolate branco, queijo gorgonzola e um toque de pistache. A iguaria agridoce vai bem com um vinho, viu? Só não levei porque achei o preço meio salgado naquele momento para o meu bolso proletário rs.Mas, vou tentar comprar pela internet, porque o sabor é mesmo inigualável e minhas bichas estão assanhadas rs.

 

Reparem nas lindezas dessas latas com chocolates para presente.

Em Canela, por indicação de um guia turístico, conhecemos a churrascaria Espelho Gaúcho, onde as carnes realmente são as estrelas do lugar.

Distante  um pouco dessa região, nosso tour incluiu também a Fetina Formaio, em Carlos Barbosa, que tem os melhores queijos da vida com diversas especiarias. O que mais agradou o meu paladar foi o Itálico com um toque de vinho. Também gostei bastante do salame de Javali, que tem menos colesterol.

IMG_1670.JPG

Para o café da tarde, não existe nada melhor nas bandas de lá do que uma cuca  tradicional. Herança dos imigrantes europeus, é produzida em várias comunidades de colonos. Deu um certo trabalho garantir a minha, mas consegui matar a vontade graças a ajuda de um motorista.

IMG_3714.JPG

Agora, se vocês apreciam uma bebida , não podem  deixar de provar as cervejas artesanais de Gramado produzidas pela Rasen. Como bons apreciadores, eu e meu marido gostamos da Weizen, que tem aroma frutado, com toques de cravo e banana. Ela harmoniza bem com frutos do mar, saladas e pratos apimentados.

IMG_3679.JPG

114.JPG

Tenho muita vontade de ver  a colheita das uvas, mas como não  foi possível desta vez , de Bento Gonçalves  fica a lembrança de ter visitado uma das maiores vinícolas do país -a premiada Aurora, que dispensa apresentações.

Saúde a todos nós e até o próximo post.

Especial Gramado- Passeios

010
Fotos de Marcos de Siqueira Lima

Oi gente

Dando sequência ao especial de Turismo , o segundo post é sobre os passeios que realizamos nas cidades que compõem o roteiro das Serras Gaúchas. Conforme  mencionei no post anterior, apenas um deles foi comprado da agência credenciada pela CVC. Quanto aos demais, recorremos a  outros prestadores de serviços, visando melhores preços e também o atendimento de nossas necessidades. Fora os custos da viagem, acredito que gastamos  cerca R$ 1 mil só com passeios e alimentação. Mas creio que mesmo assim chegamos a economizar uns R$ 500,00.

Para vocês terem uma ideia, só em Gramado, onde ficamos hospedados, tem cerca de 50 atrativos.  Decidimos priorizar passeios que valorizam a cultura e história locais, pois tínhamos apenas 4 dias completos para fazer tudo. No primeiro, conhecemos no centro da cidade,  a rua coberta, que tem um projeto de paisagismo muito bacana , o Palácio dos Festivais, onde ocorre anualmente o Festival Internacional de Cinema , a Igreja de São Pedro, a Fonte do Amor Eterno, a Praça das Etnias e a Rua Borges de Medeiros, o paraíso das compras rs. Só lamento que os preços não sejam convidativos. Depois partimos com o Fumacinha ( ônibus de turismo ) para um city tour em alguns bairros e o Lago Negro.

 

031

 

 

017.JPG

 

042.JPG

041.JPG

067.JPG

044.JPGUm dos passeios obrigatórios  é o Tour Uva e Vinho, incluindo o passeio de Maria Fumaça e outras.atrações. Como um post será somente sobre Gastronomia, vou deixar para abordar a produção de chocolates caseiros,   vinhos e queijos no próximo.

De Gramado seguimos em direção a Carlos Barbosa, uma viagem que de ônibus dura cerca de 2 horas. Lá conhecemos uma das lojas de varejo da Tramontina, que tem fábricas no estado,  com cerca de 18 mil ítens vendidos com cerca de 20% de desconto. Nem preciso dizer que pirei, principalmente com a linha La Pasticceria, que tem inúmeros ítens com tema de cupcake.

085.JPG

Depois de visitar na mesma cidade uma casa típica de queijos, salames e outras guloseimas seguimos para o passeio de Maria Fumaça. Lá se vivencia a magia do trem a vapor, num passeio entre Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa. Durante os 23 quilômetros de passeio, o visitante é brindado com um belo cenário da serra, e uma festa muito animada, regada a suco de uva, espumante, além de apresentações artísticas de coral italiano, tarantela, música gaúcha e  teatro. Fomos presenteados também com as entradas do espetáculo “Epopeia Italiana”, apresentado em um parque temático de Bento Gonçalves. Ficamos emocionados em conhecer por meio do cinema, peças de vestuário e performance teatral  a trajetória dos primeiros imigrantes que tiveram que fugir da Itália por causa das guerras,  e que elegeram o Brasil como porto seguro para suas famílias.

096.JPG

 

099.JPG

098.JPGNo dia seguinte partimos de Gramado para Canela de ônibus circular. A viagem é rapidinha, são cerca de 7 quilômetros.  No centro conhecemos a Catedral de Pedra e o comércio local. Depois pegamos um táxi e fomos  até o Parque do  Caracol, que cobra pela entrada com direito a passeio de bondinho, com vista para uma cascata muito bonita.

172.JPG

 

173.JPGNa véspera de irmos embora visitamos o Museu do Perfume, que pertence a empresa Fragram, e também tem entrada franca. Fomos recepcionados por uma atendente, que exibiu um vídeo de 5 minutos sobre a história da perfumaria e curiosidades a respeito de algumas fragrâncias clássicas. No espaço uma grande vitrine exibe embalagens do mundo inteiro. Em uma outra área é possível ter contato com equipamentos antigos usados na produção de perfumes. Também é possível fazer um teste sobre as fragrâncias que mais combinam com a personalidade da pessoa com base nas cores de um desenho. Achei que o o resultado do meu bateu somente  em alguns aspectos, mas achei bastante curioso. A empresa também produz cosméticos e mantém uma loja dentro da área do museu. Entre os produtos que mais me chamaram a atenção está um perfume sólido, ótimo para ser levado na bolsa, e também  uma linha de batons com cores maravilhosas. Para alegria da mulherada tem ainda hidratantes, sabonetes, aromatizadores de ambientes, entre outros ítens. E  é claro que eu não podia sair de lá com as mãos vazias, mas isto já é assunto para o último post desta série, o de comprinhas.

211.JPG

IMG_3707.JPG

 

IMG_3705.JPG
Segundo o teste, pertenço ao Grupo E

 

Outro ponto turístico que merece ser visitado é o Memorial Italiano, uma casa típica de uma antiga família,  com mobiliário,  utensílios domésticos e um porão onde se guardava ferramentas e armazenava vinhos.

270.JPG253.JPG263.JPG

Por fim conhecemos A Mina, espaço que reúne a réplica de uma mina de pedras preciosas, um museu sobre o tema e ainda uma loja mara  de semi-jóias e objetos de decoração, onde dá vontade de morar rs.

342314

Esperam que tenham gostado e aguardem mais 2 posts do especial sobre Gramado e as Serras Gaúchas.  Acompanhem  também o meu trabalho  no instagram, facebook e snapchat.

Kisses