Emilio Pucci reproduz símbolos de cidades internacionais em coleção de lenços

Olá, encantadas

Logo  vai começar a temporada de lenços, cachecóis e pashminas para nos aquecer naqueles dias mais frios. Eu  sou fã desses acessórios que levantam qualquer produção.

Quero mostrar para vocês um pouco  de “A Cities of the World”, coleção especial de lenços da Emilio Pucci, que celebra as riquezas naturais, patrimônios e símbolos de diferentes cidades internacionais.

Florença, Roma, Nova Iorque, Paris, Hong Kong, Londres e Capri já estamparam os famosos lenços da marca italiana e representam a história da Pucci, bem como atualmente.

Emilio Pucci _Capri2.jpg

Cada lenço de seda traz uma estampa exclusiva desenhada a mão e que representa uma cena real da cidade em questão. O projeto tem suas raízes no icônico lenço Battisero, a carta de amor à Florença que o marquês Emilio Pucci escreveu em 1957. Esboçado e brilhantemente colorido, a cópia ilustrada descreve a praça de Florença Santa Maria del Fiore, pontuada com flashes vibrantes de amarelo limão, tangerina, rosa “Emilio” e fúcsia profundo.

Emilio Pucci _Portofino2 (2).jpg

O lendário print fez um retorno dramático em junho de 2014, quando o histórico Battistero di San Giovanni da cidade foi envolvido por uma representação de tamanho real desta mesma impressão. Intitulado “Monumental Pucci”, os lados do edifício octogonal foram cobertos com 2 mil metros quadrados de lona impressa imitando os contornos reais da superfície do edifício, em cores e motivos arrojados do Battistero.

O retorno da gravura Battistero não só celebra os laços especiais de Emilio Pucci com Florença, mas também coloca em movimento o lançamento da série Cities of the World, em que outros lugares importantes já foram homenageados. Desenhado à mão pelo ateliê da maison, cada exemplar exclusivo reproduz fielmente à arquitetura, paisagem e os charmosos detalhes de sua homenagem à cidade de uma forma estilizada. Estes incluem os passos históricos espanhóis de Roma, o horizonte cosmopolita de Xangai pontilhado com lanternas, a famosa avenida Montaigne, os arranha-céus de Hong Kong misturados com seus monumentos, e a New York Madison Avenue com vistas aéreas do Central Park.

Os prints foram representados por linhas fortes e os esboços pretos contrastando com cores vibrantes. Cada cidade tem um esquema de cor original da paleta Emilio Pucci: branco, vermelho e rosa para Xangai; amarelo, verde e roxo para Nova Iorque; vermelho, turquesa e verde para Paris; roxo, limão e turquesa para Hong Kong; e fúcsia com turquesa para Roma.

Emilio Pucci _St.Tropez2.jpg

Feito em seda fina e impresso em Como, distrito famoso pelo trabalho em seda, os lenços aderem fielmente à nobre tradição artesanal da marca. A qualidade impecável é traduzida por bainhas e seu acabamento, feito à mão.

Por conta de seu apelo atemporal, os lenços estão destinados a se tornarem lembranças colecionáveis para guardar e passar para futuras gerações. São cartões postais da Pucci que vão continuar a crescer à medida que novas cidades forem adicionadas à sequência.

Emilio Pucci agora volta seu olho criativo para a capital russa – Moscou – e cria um novo colecionável item para esta série. Inspirado pelas tradicionais bonecas matrioska e seus detalhes decorativos, bem como pelas cúpulas da Catedral de S. Basílio, o lenço tem um toque artístico e uma sutil ironia que o transforma em mais uma estampa muito especial. Detalhes em tons suaves de lilás, rosa e fúcsia trazem uma vibração fresh e inconfundível.  Acho que minha amiga Giane, do blog Baú Hype, vai querer um desses para chamar de seu  porque ela é apaixonada por matrioskas.

308530_691341_moscow__cities_of_the_world_web_

Os lenços podem ser encontrados na Emilio Pucci do shopping Cidade Jardim, em São Paulo. Bem que a marca poderia lançar uma nova coleção destacando os patrimônios do Brasil. O que vocês acham da ideia? Me contem aqui. Grande beijo.

 

Anúncios