Muito prazer, Dona Vitamina D

Após fazer um exame de sangue de rotina, descobri que estava com deficiência de vitamina D, e grande, metade do mínimo que serve de referência. Minha ginecologista então me prescreveu a vitamina em cápsula, que deverá ser consumida durante 3 meses consecutivos. Como boa jornalista, fui em busca de mais informações, e para minha surpresa, descobri o quanto ela é importante para a saúde.  Muita gente desconhece, mas o sol é a principal fonte de vitamina D.

imageimageSou de uma geração que muito ouviu falar sobre os malefícios do sol, por isso tenho trauma só de pensar em não usar protetor solar.  O déficit de vitamina D pode causar uma série de problemas, como enfraquecimento dos ossos, alterações cerebrais, inflamações, aumento da pressão arterial, obesidade, diabetes, entre várias doenças. E não estou exagerando.  A lista é tão imensa, que fiquei assustada. O fato é que aos 43 anos tenho que mudar hábitos para não adoecer. Sem contar a preocupação com as gordurinhas, agora tenho que consumir também alimentos que contenham a danada da vitamina D. Quando peguei a lista, outra decepção: peixes de água salgada, como sardinha, salmão, além do leite, que não sou muito fã são ricos desse nutriente. Infelizmente são poucas as frutas que contém vitamina D. Desde que recebi a notícia bombástica mudei o cardápio e venho tentando ingerir pelo menos uma vez ao dia alimentos com vitamina D.  Entre os  que considero saborosos, estão a manteiga, atum e pratos com gemas de ovo na composição. Quando me deparei com o diagnóstico, também me culpei por ter relaxado tanto com minha saúde. Nem me lembro quando foi a última vez que fiz um hemograma completo. É aí você deve estar se perguntando: Jornalista não deveria ser mais consciente que outros profissionais? Aí eu te respondo que deveria sim, mas infelizmente cuidar da gente acaba ficando em segundo plano por causa da sobrecarga de trabalho.  Porém, acredito que tudo o que acontece na vida  tem um propósito, principalmente as coisas  ruins. No meu caso, os 15 minutos de sol sem protetor solar que tenho tomado 3 vezes por semana na praça do meu bairro, além de preservar minha saúde, tem me aproximado mais do que realmente importa: os minutos de silêncio necessários ao relaxamento, admirar as crianças brincando inspiram e me levam a crer nos meus sonhos, entre eles o de ser mãe,  e por fim a beleza da natureza que me encanta! E você,  de que tipo de check-up está precisando?

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s